domingo, 14/07/2024

CAARAPÓ: Secretaria Municipal de Saúde intensifica ações de combate à dengue

A Secretaria Municipal de Saúde de Caarapó está intensificando suas ações contra a dengue. Os casos da doença têm aumentado na região, com 201 notificações em 2024, sendo 43 confirmados, 59 descartados e 99 aguardando resultados de exames.

Em relação à Febre Chikungunya, foram feitas 167 notificações, sem casos confirmados, 69 descartados e 98 aguardando resultados de exames. Foi notificado 1 caso de Zika Vírus aguardando resultado de exame laboratorial. O índice de infestação, segundo o último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), é de aproximadamente 1%.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos departamentos municipais de Controle de Vetores e Atenção Primária, está implementando todas as ações programadas, incluindo visitas domiciliares para controle mecânico, tratamento com larvicidas em criadouros, monitoramento por meio de armadilhas Ovitrampas, LIRAa e atividades educativas, entre outras ações.

Nesta terça-feira (5), teve início o mutirão de visitas entre as equipes de Controle de Vetores e Agentes Comunitários de Saúde para eliminar focos e criadouros do mosquito. Esse mutirão é realizado uma vez por mês e já resultou em mais de 20 mil visitas neste ano, com a eliminação de milhares de criadouros e centenas de focos larvários de mosquitos.

Na última segunda-feira (4), iniciou-se a aplicação de inseticidas de ultra baixo volume (UBV) em três ciclos nos bairros com incidência de casos, conhecida como fumacê. A colaboração da população, eliminando criadouros em seus imóveis, é essencial para o sucesso dessa atividade, uma vez que o tratamento espacial não atinge o inseto em sua fase aquática.

Além disso, ações educativas estão sendo realizadas, com palestras e atividades de mobilização social em escolas e outros segmentos sociais. A população desempenha um papel crucial no controle da dengue, mantendo seus imóveis limpos e sem acúmulo de água em recipientes que possam servir como criadouros de mosquitos.

Destaca-se a importância de manter terrenos baldios limpos, pois são locais propícios para a proliferação de vetores e representam riscos para a saúde da população. O controle legal também está em vigor, com a publicação de editais sobre a limpeza de terrenos baldios e imóveis sujos.

O Comitê Municipal de Controle das Arboviroses tem se reunido para tratar dos riscos de epidemia de dengue e desenvolver ações preventivas e operacionais, desde o controle vetorial até o acolhimento de pacientes conforme protocolos estabelecidos.

É essencial que a população esteja atenta aos sintomas da dengue e busque atendimento médico imediato em caso de febre alta, dores no corpo e manchas vermelhas na pele. Medidas simples de combate ao mosquito, como eliminar água parada em recipientes, manter piscinas limpas e tampar reservatórios de água, são fundamentais para prevenir a propagação da doença. Com a colaboração de todos, é possível combater eficazmente a dengue e preservar a saúde da comunidade.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

As Dez Mais

Quarta, 10 de julho de 2024. Hoje é Dia da Pizza Este programa será ouvido por gente que sabe que: “Quanto mais alto o volume do som,...

BOPE resgata mulher e filhos que viveram momentos de terror na mão do ex-marido

O BOPE resgatou uma mulher que viveu momentos de terror na mão do ex-marido no Jardim Los Angeles em Campo Grande. Após o resgate...

Polícia identifica e prende receptador de bateria furtada de empresa em Rio Brilhante

Polícia Civil identifica receptador e recupera bateria furtada de empresa em Rio Brilhante. Os investigadores chegaram até o indivíduo que possivelmente estaria na posse...

Vereador Zé da Farmácia visita o PROMUSE, Programa da mulher segura.

O PROMUSE - Programa Mulher Segura é um programa da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, instituído por meio da Portaria PMMS nº 032/2018,...