sábado, 20/07/2024

Dr. Victor Rocha fala sobre Caos na Saúde Pública em Campo Grande

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada na terça-feira (04), o vereador e presidente da Comissão de Saúde, Dr. Victor Rocha (PSDB), fez um contundente pronunciamento sobre o estado crítico da Saúde Pública em Campo Grande.

A Voz da Saúde Pública

Dr. Victor Rocha, um defensor incansável da qualidade na saúde pública, tem exigido ações concretas para melhorar os serviços oferecidos à população de Campo Grande. Em seu discurso, o parlamentar expressou sua indignação com o sofrimento dos cidadãos que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) para uma vida digna e saudável. “Campo Grande está sofrendo. Sofrendo quando vai a um posto de saúde e não encontra médico especialista, ou pediatra e em alguns locais nem clinico geral, ou quando precisa de um remédio que nunca está disponível. É ainda mais desesperador para aqueles que necessitam de consultas, exames ou cirurgias especializadas e aguardam na fila por anos, sem conseguir acesso pelo SUS. Não podemos admitir essa situação. Desde o início do meu mandato, venho alertando sobre a necessidade de uma gestão pública eficiente para tirar a saúde pública de Campo Grande do caos”, declarou o parlamentar tucano

Promessas Não Cumpridas

O presidente da Comissão de Saúde também questionou a promessa não cumprida da construção do hospital municipal e a falta de ambulâncias do SAMU. “O hospital municipal, que foi anunciado no ano passado para ser entregue em setembro de 2024, é um fantasma, não existe. E quando a população precisa ser transportada do local do acidente para receber atendimento médico, espera uma hora no sol quente, pois não há ambulâncias disponíveis. Essa situação não pode continuar”, pontuou.

Iniciativas Legislativas e Ações Concretas

Dr. Victor Rocha é o autor da Lei nº 6.779, de 25 de fevereiro de 2022, conhecida como “Saúde para Todos”, que criou um mecanismo para que a prefeitura de Campo Grande pudesse organizar mutirões de saúde para zerar as filas de espera, que até o início do ano contavam com mais de cem mil pessoas aguardando por consultas, exames e cirurgias especializadas.

Além disso, o vereador tem realizado audiências públicas sobre Saúde Mental, Rede de Urgência e Emergência, a Falta de Medicamentos, o Sucateamento das Ambulâncias do SAMU e a construção do Hospital Municipal. Em todas essas discussões, foram apresentadas alternativas para melhorar a gestão da saúde em Campo Grande. “Campo Grande precisa de leitos hospitalares, de remédios, de fortalecer a atenção primária à saúde, e de uma gestão pública eficiente para resolver as mazelas que afligem a população há tanto tempo”, concluiu Dr. Victor Rocha.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

CORUMBÁ: Prefeito acompanha comitiva interministerial e destaca união para combater fogo no Pantanal.

O prefeito Marcelo Iunes acompanhou nesta segunda-feira, 16 de julho, a visita das ministras, Marina Silva (Meio Ambiente); Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) e...

Detento é encontrado morto dentro do xadrez do presídio de Ponta Porã.

Gabriel Henrique Vieira (20) foi encontrado morto dentro dentro da cela IV no solário B, galeria III do presídio de Ponta Porã. O presidiário...

Sala de acomodação sensorial garante espaço reservado para autistas no Bioparque Pantanal

Com o objetivo de promover cada vez mais a inclusão, o Programa Bioparque para Todos – Iguais na Diferença, desenvolvido no maior aquário de...

Justiça proíbe que prefeito de MS use eventos públicos para autopromoção

Sob pena de multa de R$ 20 mil, Justiça proíbe que prefeito de Ivinhema, Juliano Ferro Barros Donato (PSDB), não utilize eventos custeados com...