quinta-feira, 25/07/2024

Formação para professores é realizada com foco na recomposição da matemática

Professores do 3º ano do Ensino Fundamental da Reme (Rede Municipal de Ensino) de Campo Grande, participam nesta segunda-feira (3) e na próxima quinta-feira (6), de formação com foco na recomposição da matemática. O encontro é realizado na Secretaria Municipal de Educação (Semed) e visa capacitar os profissionais na área, já que a matemática é um desafio na vida da maioria dos alunos.

De acordo com a chefe do Ensino Fundamental e Médio da Secretaria, Ana Ribas, a formação tem o objetivo de subsidiar teoricamente e metodologicamente os professores do terceiro ano com foco na recomposição da matemática. “A Rede Municipal tem uma trajetória de estudos relacionados à alfabetização matemática. Então, nós continuamos esta implementação. A aprendizagem da matemática é um desafio desde os anos iniciais. Nós estamos aliando aqui a teoria e prática, porque nós temos que lembrar também que a matemática, ela tem que trazer a ludicidade. A criança, ela precisa aprender de uma forma lúdica, para que ela consiga trazer sentido e significado para os números”.

Professora da Escola Municipal Nagem Jorge Saad, Cristiane Holsback Nunes Fujikawa de Paula, tem 30 alunos em sala de aula e diz ser desafiador ensinar a matemática. “As formações são muito importantespara poder atualizar o professor, para dar novas ideias, para impulsionar o profissional de forma que ele venha buscar mais conhecimentos e também trazer alguns conhecimentos, para que a gente possa aplicar no dia a dia e levar da melhor maneira possível para os nossos alunos”.

Jéssica Olívia Bento Barbosa é professora do 3º ano da Escola Municipal Professora Elizabel Maria Gomes Salles e ressalta a importância da formação. “Na formação a gente consegue ver várias atividades e eu posso incluir na minha prática no dia de sala de aula. A formação ajuda ainda a sanar algumas dúvidas que a gente tem em relação à Rede mesmo”.

A professora Sandra Felizarte da Silva leciona na Escola Municipal Kamé Adania e considera a formação primordial. “É boa para o crescimento do professor em benefício aos alunos porque a formação contribui muito, tira muitas dúvidas. Agora com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), tem muitas coisas novas, muitas dúvidas que a gente tem e na formação a gente sana isso”.

#Pratodosverem A imagem que ilustra a matéria mostra professores da Rede Municipal de Ensino em uma sala e sentados em grupos, assistindo aula teórica e realizando as atividades da formação continuada em matemática. A segunda mostra quatro professoras mulheres realizando uma atividade. A terceira mostra a professora Cristiane, morena de cabelos longos, dando seu depoimento. A quarta foto mostra a professora Jéssica, morena com os cabelos tingidos de claro, dando seu depoimento. Assim como a quinta, que mostra a professora Sandra, de cabelos enrolados e loiro, dando o depoimento sobre a formação.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Novo momento: Governo define economista Cristiane Schmidt na presidência da MSGÁS

O governador Eduardo Riedel, acompanhado dos secretários Jaime Verruck (Meio Ambiente e Desenvolvimento) e Rodrigo Perez (Governo e Gestão Estratégica), assinou na quarta-feira (17)...

Piloto é único sobrevivente do acidente aéreo da Saurya Airlines

Um avião doméstico caiu hoje (24) logo após ter descolado do aeroporto da capital do Nepal, matando 18 pessoas. O piloto foi o único...

Sérgio Murilo se junta ao PDT de Mato Grosso do Sul para impulsionar a reconstrução do partido

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Mato Grosso do Sul anuncia com grande entusiasmo a filiação de Sérgio Murilo, uma figura de destaque no...

Ciclista fica ferido após ser atropelado por carro na MS-134

Ciclista fica ferido após ser atropelado por carro na MS-134 em Batayporã.