sábado, 20/07/2024

Fórum reúne gestores para construção do Plano Estadual de Esporte e Lazer do Mato Grosso do Sul

Na terça-feira (20) a Fundesporte, ligada à Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura), realizou o Fórum Estadual de Políticas Públicas de Esporte e Lazer para definir as diretrizes dos próximos quatro anos do esporte no Mato Grosso do Sul.

No Fórum, foi apresentado os planos para o quadriênio que serão reunidos e formarão o Plano Estadual de Esporte e Lazer de Mato Grosso do Sul. Na programação do evento também foram apresentados os trabalhos realizados pela Fundesporte no ano de 2023, como a realização do Festival Surdolímpico, entregas de arenas do MS Bom de bola, revitalizações de ginásios, dentre outras ações. Os diretores de cada setor da Fundação puderam apresentar os trabalhos realizados e suas responsabilidades e futuras ações quanto à gestão do esporte no Mato Grosso do Sul.

O Fórum foi finalizado com o lançamento do edital de chamamento público “Esporte: Novas Conquistas em MS” que prevê a quantia de 7 milhões para projetos relacionados ao esporte. Momento histórico para o fortalecimento de clubes, federações e municípios, pois este edital representa mais que o dobro concedido no ano de 2021. 

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Herculano Borges, o momento é de extrema importância para a discussão de como será levado os próximos anos do esporte de Mato Grosso do Sul e oportuno para informar professores, gestores, técnicos, atletas e toda a comunidade esportiva sobre o lançamento do edital.

“O edital de chamamento público é aberto a toda a comunidade esportiva, associações, governos, federações, para que eles nos enviem projetos de esporte, desde a iniciação esportiva, até a excelência, passando pelos esportes de aventura, esportes nas comunidades indígenas e quilombolas. A fim de que o esporte e o lazer sejam fomentados em todo o estado”, frisa Herculano Borges.

Eixos temáticos

Os eixos temáticos do Fórum Estadual de Políticas Públicas de Esporte e Lazer foram divididos em três, sendo eles: estilo de vida saudável, sistema de desenvolvimento esportivo e infraestrutura esportiva.

Nos eixos algumas sugestões de temas importantes foram levantadas, como:

Estilo de Vida Saudável – levantamento de verba para as atividades que envolvam saúde e estilo de vida saudável. Um programa para a contratação de profissionais e técnicos direcionados ao atendimento de promoção à saúde e estilo de vida saudável. Entre outras sugestões.

Infraestrutura Esportiva – a inclusão de pessoas com deficiência, nas atividades de lazer em praças. Investimento em entregas de materiais esportivos como o kit avaliação, materiais para ginástica, etc. 

Sistema de Desenvolvimento Esportivo – fornecimento de incentivo financeiro aos atletas de alto rendimento, volta do basquete 3×3 nos jogos escolares, a possibilidade da volta do karatê para os atletas de 15 a 17 anos, inclusão dos surdos nos jogos escolares e capacitação dos profissionais de educação física na língua de sinais.

O presidente da Federação de Futebol de Salão de Mato Grosso do Sul, Mauro Augusto Ferrari, ressaltou que o Fórum é importante para que a Fundesporte ouça os feedbacks dos técnicos e profissionais de Educação Física.

“Esse feedback dos técnicos e dos profissionais de educação física vai fazer com que a Fundesporte faça seu plano conforme as demandas dos profissionais que atuam diretamente na área do esporte. Independente se é alto rendimento ou qualquer outro tipo de modalidade, as discussões são muito valiosas, às vezes você pega um determinado recurso do ano passado, esse ano já mudou totalmente o recurso. Tivemos o aumento de várias demandas, fornecedores e materiais, uma alta, então o plano que você fez no ano passado para esse ano pode mudar completamente”.

Já o presidente da Federação de Basketball de Mato Grosso do Sul, Eduardo Marques, ressaltou o apoio da Fundesporte às Federações de Mato Grosso do Sul.

“A Fundesporte, realmente, fomenta não só os jogos escolares, jogos abertos etc. Mas ela tem ajudado muito as Federações e essa ajuda é de extrema importância para a sobrevivência das federações no nosso estado. E hoje em dia para termos uma ideia, foi dito lá dentro, o basketball por exemplo temos jogos escolares muitas vezes com 30 equipes, 35. Eu como presidente da federação tenho visto o quanto tem crescido. E isso é de extrema importância para o desporto do Mato Grosso do Sul”, frisa.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Inédito, Som da Concha deste fim de semana será, em Ponta Porã e Campo Grande

Em 2024 o Som da Concha vai pra estrada, neste ano além da capital, quatro cidades receberão shows do projeto.  No próximo fim de semana,...

Biblioteca Isaias Paim incentiva leitura infantil com projeto de troca de livros

A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaias Paim, em Campo Grande, está promovendo o projeto Troca Book Infantil. Trata-se de uma oportunidade de trocar um...

Governo de MS anuncia investimentos para impulsionar a prática do skate no Estado

Campo Grande viveu um fim de semana repleto de energia e manobras radicais, com a realização do “Go Skate Day”, no Parque das Nações...

No Dia Mundial da Cobra, Bioparque destaca importância de duas moradoras que ganharam vida nova

Gaby Amarantos e Rachel Carson, nomes de batismo de uma sucuri e uma jiboia que vivem no maior aquário de água doce do mundo...