domingo, 14/07/2024

PF libera acesso a imagens de satélite para auxiliar no combate aos incêndios no Pantanal

A Polícia Federal está disponibilizando acesso gratuito a imagens de satélite de alta resolução para municípios atingidos ou em risco pelos incêndios no Pantanal. A iniciativa visa auxiliar os órgãos públicos na resposta a desastres naturais, fornecendo informações precisas e atualizadas sobre as áreas afetadas. A ação ocorre por meio do Programa Brasil Mais, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

PF libera acesso a imagens de satélite para auxiliar no combate aos incêndios no Pantanal. A ação ocorre por meio do Programa Brasil Mais, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Todos os municípios de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul podem solicitar acesso. Os órgãos estaduais podem solicitar adesão. A disponibilização é gratuita e não exige contrapartida financeira. Mais de 480 instituições já participam do programa, que é financiado pelo Fundo Nacional de Segurança Pública por intermédio da Senasp e pela Polícia Federal.

SERVIÇO

Para solicitar o acesso às imagens, os órgãos públicos devem enviar um e-mail do gabinete da maior autoridade da instituição, por exemplo, do prefeito ou do gabinete do prefeito. O e-mail deve ser enviado para o endereço eletrônico brasilmais@pf.gov.br.

Na mensagem é necessário fornecer algumas informações básicas, como nome, sigla e endereço da instituição; nome, cargo e e-mail da maior autoridade e dos pontos focais; lista de usuários para acesso (nome, cargo, e-mail, telefone, lotação). Os dados podem ser complementados posteriormente.

O Programa não tem limite de instituições, usuários ou acessos, e os municípios podem utilizar quantas imagens precisarem para auxiliar no combate aos desastres. O Programa Brasil MAIS possui imagens diárias e alertas de cicatriz de queimadas e focos de incêndio da região, o que pode contribuir para o planejamento e execução do combate aos incêndios.

O Programa Brasil Mais é um dos projetos estratégicos do Ministério da Justiça e Segurança Pública. É o maior projeto operacional de sensoriamento remoto do país, fornecendo imagens diárias de satélite em alta resolução de todo o Brasil, além de alertas automáticos para diversos crimes ambientais, como desmatamento, garimpo, incêndios e plantio de culturas ilícitas.

A rede criada pelo programa, RedeMAIS, conta com a participação de mais de 480 instituições e mais de 97 mil usuários de instituições públicas federais, estaduais e municipais.

O e-mail com solicitação de acesso deve ser enviado para o endereço eletrônico brasilmais@pf.gov.br

A Polícia Federal integra o gabinete de crise contra os incêndios no Pantanal, com o objetivo de responsabilizar criminalmente os responsáveis por ações ilícitas. A atuação se dá através de equipes de plantão, operando em flagrante e em diligências de campo, além de investigações em coordenação com outros órgãos federais e estaduais. As equipes atuarão a partir de bases em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Diogo Nogueira e Ton Alves agitam o MS ao Vivo no Parque das Nações Indígenas

No próximo domingo (14), o MS ao Vivo promete inundar o Parque das Nações Indígenas com puro samba. O evento contará com a apresentação...

Peão morre pisoteado por touro durante rodeio em Fátima do Sul

O Peão de Rodeio Fabiano Pinheiro da Rocha (35) nascido em Nova Independência e residindo Junqueirópolis morreu na noite de segunda-feira (8) após ser...

Deputado Jamilson solicita construção de área de lazer no Assentamento Dorcelina Folador, em Ponta Porã

São evidentes os benefícios que a prática de atividades físicas e esportivas causam na vida das pessoas. O esporte é reconhecido como forte ferramenta...

Pais se emocionam ao escutar coração de filho que morreu afogado em bebê de um ano

Um vídeo que viralizou nas redes sociais tem arrancado lágrimas dos internautas. Nas imagens, os pais de um jovem que morreu afogado se emocionam ao escutar...