sábado, 20/07/2024

Polícia indicia mulher por denunciação caluniosa em Anaurilândia

Polícia Civil indicia mulher por denunciação caluniosa em Anaurilândia. Ela compareceu na Delegacia de Polícia alegando que o mesmo com quem teve um relacionamento havia lhe agredido com um tapa no rosto. Além de empurra-la resultando numa lesão na pera. Com base em suas declarações, ele passou a ser tratado como suspeito e foi ouvido pela autoridade policial.

Durante seu depoimento, ele negou todas as acusações, afirmando que em nenhuma ocasião havia agredido ou ameaçado a mulher. No decorrer da investigação, ela confessou que mentiu sobre as acusações.

Diante disso, o inquérito policial foi concluído com a indicação de autoria e materialidade do crime de denunciação caluniosa, recaindo sobre a mulher. Caso venha a ser condenada, ela poderá enfrentar uma pena de dois a oito anos de reclusão.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Águas Guariroba apresenta ações voltadas ao meio ambiente e à sociedade em Fórum de Economia Inteligente

Durante o Fórum MS Economia Inteligente, nesta quinta-feira (18), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, o gerente de Meio Ambiente e Qualidade...

DOF prendeu um grupo de contrabandistas na MS-379 em Laguna Carapã.

DOF prendeu um grupo de contrabandistas na MS-379 em Laguna Carapã. Os autores estavam num comboio com 11 veículos transitando pela rodovia, quando foram...

Indicado por Hashioka, novo Refis é aprovado na Assembleia Legislativa

Foi aprovado nesta terça-feira, 17, na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei 149/2024, do Poder Executivo, que trata de formas excepcionais de pagamento de...

Barroso mantém processo de privatização da Sabesp

Presidente do STF mantém processo de privatização da Sabesp. O Ministro Luís Roberto Barroso, presidente do STF, rejeitou pedido feito pelo PT para suspender...