quarta-feira, 24/07/2024

Prefeitura começa a entregar contratos das casas para famílias da comunidade Mandela

Na tarde dessa quarta-feira (05), a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (Emha), entregou os contratos das casas para 32 famílias da comunidade Mandela, que serão reassentadas no Jardim Talismã após o incêndio ocorrido em novembro do ano passado. A entrega aconteceu na área destinada às famílias, localizada na Região Urbana do Segredo.

“Essa obra é fruto de muito trabalho, dedicação e representa a realização dos sonhos de pessoas que anseiam por ter um CEP, ter lugar seguro e com as condições necessárias para estar em segurança e poder cuidar da família. É a qualidade de vida e dignidade sendo devolvidas a essas pessoas”, destacou a prefeita Adriane, durante o ato.

As obras tiveram início em dezembro de 2023, após uma análise criteriosa para a escolha das áreas destinadas à construção das unidades habitacionais. A área foi escolhida por sua proximidade com escolas, Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e postos de saúde, garantindo acesso à infraestrutura pública essencial.

Valmir dos Santos Barbosa, de 51 anos, vive na comunidade Mandela há sete anos com sua esposa Ana Paula de Souza, 31 anos, e dois filhos. Embora seu barraco não tenha sido atingido pelo incêndio, a ansiedade pela nova moradia o dominou desde a primeira vez que visitou a área destinada às novas casas. “Desde que soube onde seria meu lote, vim aqui, tirei fotos e já planejei tudo. A ansiedade é tanta que parece que o tempo parou de passar”, brincou.

Inicialmente, a conclusão das obras estava prevista para 12 meses, mas devido à rápida resposta e ao empenho da Prefeitura de Campo Grande, as obras serão finalizadas antes do prazo estipulado. As casas foram construídas pela construtora credenciada pelo Programa Credihabita, instituído pela Lei n. 6.123 em 9 de novembro de 2018, com um investimento de aproximadamente R$ 15 milhões em recursos próprios do Município, considerando as demais áreas.

Maristela Romeiro, de 28 anos, viveu na comunidade Mandela por oito anos. Após o incêndio, ela se mudou com suas duas filhas, uma de oito anos e outra de dois, para a casa de um parente. Maristela foi uma das contempladas pelo programa Recomeçar Moradia. “A sensação é maravilhosa! Esperamos isso por tanto tempo e finalmente conseguimos. Minha filha está animada porque vai ter um quarto só para ela, e eu já estou guardando dinheiro para montar tudo”, disse.

Cada família beneficiada pagará parcelas de R$ 185,00 ao longo de 360 meses. A área já conta com a instalação de rede de água e padrões de energia elétrica foram instalados. Com esta entrega, 32 famílias que anteriormente faziam parte de uma das maiores ocupações irregulares de Campo Grande agora têm acesso à moradia segura, adequada e acessível.

Para o diretor-presidente da Emha, Claudio Marques, a entrega dos contratos em tempo recorde é motivo de grande satisfação. “Com muita agilidade e rapidez, em menos de seis meses, as obras já estão em fase final. Este momento não é apenas sobre receber uma chave, é sobre essas famílias terem segurança jurídica e saberem que, de fato e de direito, essa casa pertence a elas. A próxima fase é a entrega das unidades habitacionais, para que essas famílias possam reconstruir suas vidas”, afirmou Marques.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

População recebe lotes urbanizados e pavimentação de ruas em Bela Vista

Durante as celebrações de 116 anos do município, Bela Vista recebeu 60 lotes urbanizados no Residencial Dr. Renato de Souza Rosa, em  um investimento...

Carlla Bernal: Enfermeira dedicada e líder comunitária, pré-candidata a vereadora pelo MDB

Carlla Bernal é uma enfermeira dedicada, com vasta experiência no SAMU e reconhecida por sua atuação exemplar na saúde pública. Além de sua trajetória...

Antes abandonados, campos de futebol recebem iluminação fomentando à prática esportiva e gerando oportunidades a futuros atletas

Campo Grande, sob a gestão da prefeita Adriane (PP), pré-candidata à reeleição,  está vivenciando uma verdadeira revolução no esporte e lazer, com um dos...

PF erradica cerca de 100 mil pés de maconha

PF erradica cerca de 100 mil pés de maconha plantados na terra indígena Alto Rio Guamá. Estima-se que 30 toneladas de maconha deixaram de...