segunda-feira, 22/07/2024

Projeto de Zé Teixeira simplifica administração pública em MS

O deputado Zé Teixeira (PSDB), 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, apresentou nesta quarta-feira (10), uma proposta de lei que deve desburocratizar os procedimentos administrativos em Mato Grosso do Sul. O projeto pretende simplificar, modernizar e garantir eficiência na prestação dos serviços públicos, facilitando a vida do cidadão.

“A adoção de tecnologias de informação e comunicação, a digitalização de processos e documentos, bem como a capacitação contínua dos servidores públicos, são ações fundamentais para alcançar os objetivos da proposição legislativa. A proposta cria, inclusive, o Comitê de Desburocratização e Inovação [CDI], o que permitirá uma coordenação eficaz das iniciativas, assegurando o monitoramento e a avaliação contínua dos resultados”, justifica Zé Teixeira.

O comitê será composto por representantes de órgãos e entidades da administração pública estadual, com as atribuições de coordenar e monitorar a execução das ações, propondo medidas adicionais. Também deverá elaborar relatórios periódicos sobre o andamento das ações e os resultados alcançados, além de promover a participação dos cidadãos e das entidades representativas da sociedade civil nas iniciativas de desburocratização.

Conformidade – Zé Teixeira lembra que o compliance é uma das bases do governo estadual que tem priorizado o bom uso dos recursos públicos, promovendo ações que têm como objetivo final a prestação de serviços com eficiência, transparência e integridade para a sociedade. “A proposta legislativa vai ao encontro da pretensão governamental, visa eliminar formalidades desnecessárias, aumentando a eficiência e melhorando a qualidade dos serviços prestados”, explica.

Pela proposta, a criação de novos regulamentos deverá consolidar e simplificar as normas existentes, evitando a proliferação e a redundância de atos normativos. O projeto também incentiva a administração estadual a celebrar parcerias com entidades públicas e privadas para a implementação das diretrizes propostas. “A norma possui amplo alcance, pois afeta a relação dos cidadãos sul-mato-grossenses com o Poder Público, em seus atos e procedimentos administrativos”, finaliza o deputado.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Lei: Campanha de Combate ao Preconceito à Hanseníase em MS é publicada

Mato Grosso do Sul passa a contar com uma Campanha de Combate de ao Preconceito à Hanseníase, por força da Lei Estadual 6.277 de 2024,...

CORUMBÁ: Prefeito acompanha comitiva interministerial e destaca união para combater fogo no Pantanal.

O prefeito Marcelo Iunes acompanhou nesta segunda-feira, 16 de julho, a visita das ministras, Marina Silva (Meio Ambiente); Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) e...

Homem é agredido por enxadadas na Vila Palmira

Homem é agredido a enxadadas na Rua Jerusalém; Vila Palmira em Campo Grande. Segundo a vítima foi surpreendida por um desconhecido que estava com...

Inédito, Som da Concha deste fim de semana será, em Ponta Porã e Campo Grande

Em 2024 o Som da Concha vai pra estrada, neste ano além da capital, quatro cidades receberão shows do projeto.  No próximo fim de semana,...