segunda-feira, 22/07/2024

Semana Nacional de Arquivos começa no dia 3; Arquivo Público Estadual terá ampla programação

A Semana Nacional de Arquivos começa no próximo dia 3 de junho e é um evento idealizado pelo Arquivo Nacional desde 2017. O Arquivo Público Estadual de MS participa organizando ações em nível estadual e atuando em parceria com outras instituições, buscando parcerias e prestando assessoria técnica nesta área.

As instituições presentes no Estado são ligadas ao setor público (federal, estadual e municipal), além de universidades e associações privadas.

A acessibilidade, em seus múltiplos sentidos, está no centro da 8ª Semana Nacional de Arquivos, que acontecerá entre os dias 3 e 9 de junho de 2024 em todo o Brasil. Em Mato Grosso do Sul a Semana terá programação até o dia 12 de junho.

O evento tem como referência o Dia Internacional dos Arquivos, 9 de junho, proclamado na Assembleia Geral do Conselho Internacional de Arquivos em 2007. O marco remete à criação do Conselho pela Unesco, em 1948.

O amplo acesso aos arquivos contribui para a preservação da memória individual e coletiva, proporciona o conhecimento sobre a sociedade, fortalece a democracia e amplia a cidadania. Tendo a missão de facultar o acesso aos documentos, os arquivos evidenciam seu papel fundamental no combate às discriminações, na promoção da equidade e do pleno exercício de direitos para todas as pessoas, independentemente de raça/cor, gênero, origem regional, classe, etc.

Apesar disso, ainda são muitos os desafios a serem enfrentados no cotidiano das instituições arquivísticas por seus mais diferentes agentes, o que inclui profissionais de arquivos, usuárias, usuários, gestoras e gestores.

Em sintonia com as preocupações do Conselho Internacional de Arquivos, a 8ª SNA propõe exercícios de reflexão compartilhada a partir das seguintes questões:

  • Os arquivos refletem adequadamente a diversidade das pessoas e das culturas que formam a nossa sociedade?
  • Como está a sensibilidade dos arquivos para o enfrentamento ao capacitismo e a outras práticas discriminatórias em suas atividades cotidianas?
  • Qual o impacto das linguagens e dos conceitos utilizados na descrição e na organização dos documentos para o reconhecimento da diversidade e a promoção da equidade e da cidadania?
  • Como incentivar que os procedimentos arquivísticos e administrativos promovam e explicitem a diversidade nos arquivos?
  • Quais as potencialidades e os limites do uso da tecnologia como ferramenta para democratizar o acesso à informação?
  • Como as políticas públicas de inclusão podem contribuir para tornar os arquivos brasileiros mais acessíveis?

O coordenador do Arquivo Público Estadual, Douglas Alves da Silva, afirma que a Semana Nacional de Arquivos é uma temporada de atividades de suma importância ao setor arquivístico.

“O tema escolhido para esta oitava edição – ‘Arquivos Acessíveis’ – vai justamente ao encontro de uma das metas que sempre buscamos atingir no Arquivo Público Estadual de Mato Grosso do Sul: o acesso ao acervo pela população. Ao mesmo tempo, tal temática evidencia a necessidade de se buscar sempre refletir a realidade e a diversidade da sociedade como um todo. Em um dos acervos mais importantes sob guarda do Arquivo Público Estadual, se destacam documentos e fotografias que refletem parte da realidade e das diversas relações sociais existentes na Companhia Matte Larangeira, por exemplo, contrastando os modos de vida dos proprietários com o dos trabalhadores dos ervais”.

“Outros acervos do Arquivo mostram ainda como a população buscava transformações nos mais diversos locais em que habitavam no então Estado de Mato Grosso, hoje Mato Grosso do Sul, é de suma importância manter e dar acesso a acervos que demonstram tais transformações e como a sociedade se posicionava e buscava ampliar sua participação nas decisões, por exemplo”, completa Douglas.

A Semana Nacional de Arquivos é organizada nacionalmente pelo Arquivo Nacional e o CONARQ, com a temática “Arquivos Acessíveis”. Concomitante à ação nacional, ocorre mundialmente a Semana Internacional de Arquivos, sob organização do ICA – Conselho Internacional de Arquivos.

“Neste ano, o tema escolhido para a edição internacional foi ‘Ciberarquivos’, buscando trazer uma reflexão sobra as transformações e os impactos dos avanços tecnológicos no campo arquivístico, levantando questões sobre qual o espaço a ser ocupado e o papel a ser desempenhado pelos arquivos no atual cenário digital que avança cada vez mais no mundo? Tais questões se integram à temática ‘Arquivos Acessíveis’ da Semana Nacional de Arquivos e, graças à parceria com a ALA – Associação Latino-Americana de Arquivos – as atividades inscritas na Semana Nacional também integraram a programação da Semana Internacional de Arquivos”, finaliza Douglas.

Confira abaixo a programação da 8ª Semana Nacional de Arquivos aqui em Mato Grosso do Sul e participe!

PROGRAMAÇÃO ARQUIVO PÚBLICO ESTADUAL DE MS

  • 3 de junho a 01 de julho – visitação aberta de segunda a sexta, das 8h00 às 17h00 na Sala de exposições do Arquivo Público Estadual de MS

Exposição “Festa do Divino Espirito Santo da Comunidade Quilombola de Santa Tereza Figueirão/MS” – nova temporada da exposição de fotografias que remetem à festividade tradicional e centenária realizada anualmente na comunidade quilombola de Santa Tereza, distrito do município de Figueirão/MS. A festa tradicional foi registrada e é reconhecida como Patrimônio Cultural de Mato Grosso do Sul, sendo que neste ano de 2024 foi realizada sua 113ª edição.

  • 5 de junho, das 13h30 às 15h00 (transmissão online pelo APE/MT)

Participação no Colóquio “Gestão, Memória e Diversidade Documental” organizado pelo Arquivo Público Estadual de Mato Grosso (APE/MT)

Mesa “Arquivos Estaduais, Memórias Nacionais” (Arquivos de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Piauí).

Ação conjunta coordenada pelo Arquivo Público Estadual de Mato Grosso (APE/MT), buscando discutir a gestão da memória numa perspectiva interespacial. Um tanto provocante, reflete sobre os afazeres das instituições que estão fora dos principais eixos de arquivo do país.

  • 6 de junho, das 19h00 às 21h00 no Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Campo Grande/MS, Unidade 6, Sala 404)

Mesa redonda: Arquivos em perspectiva: acesso e possibilidades à pesquisa histórica em arquivos e centros de documentação.

Ministrantes: Arquivista Debora Resstel Ribeiro (Arquivo Central-UFMS), Prof. Me. Douglas Alves da Silva (APE/MS-FCMS), Arquivista Luana Moura (MuArq-UFMS), Prof.ª Ma. Madalena Dib Mereb Greco (IHG/MS). Mediação: Prof. Dr. Carlos Eduardo da Costa Campos (ATRIVM-UFMS). Ação aberta oferecida à comunidade acadêmica da UFMS em Campo Grande, visando a imersão introdutória dos mesmos nas possibilidades de acesso e pesquisas em acervos históricos.

Tal atividade integra o Projeto de Extensão (UFMS) intitulado de Programa de Popularização da Ciência Arqueológica através de base dados e ações de educação patrimonial junto ao Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro.

  • 10 a 12 de junho, das 13h30 às 17h30 no município de Corumbá

Ação de salvaguarda aos acervos históricos em Corumbá (Acervo da Diocese de Corumbá, Acervo do Laboratório de Documentação Histórica e Estudos Regionais do CPAN-UFMS).

Atividade conjunta Arquivo Público Estadual de MS/FCMS e Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, esta ação de salvaguarda de documentos históricos que visa mapear, orientar e proporcionar acesso a documentações históricas em acervos presentes no estado de Mato Grosso do Sul.

O Arquivo Público Estadual de Mato Grosso do Sul fica no 2º andar do Memorial da Cultura e da Cidadania, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, Centro. Telefones: (67) 3316-9167 (67) 3316-9139

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Gerson Claro e deputado Paulo Correa visitam obras do refeitório e novo estacionamento da ALEMS

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Gerson Claro (PP), acompanhado do primeiro-secretário da Casa de Leis, deputado Paulo...

Traficante é preso com arma de fogo em Santa Rita do Pardo

As Polícias Civil e Militar, no âmbito da Operação Basta, soluciona 4 furtos, prende receptador, recuperou objetos e prendeu traficante com arma de fogo...

PRF recupera Hyundai/Creta roubado em SP na BR-060

Polícia Rodoviária Federal apreendeu 879 Kg de maconha na BR-060 em Campo Grande. Os policiais abordaram um Hyundai/Creta. O motorista não parou, entrando em...

Compliance no setor público é tema de palestra ministrada por servidores da CGE-MS

Na manhã de quinta-feira (18), a Controladoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (CGE-MS), através da Diretoria-Geral de Governança e Compliance (DGC), lançou...