domingo, 14/07/2024

Senador Nelsinho Trad intervém pela implantação de porto seco em Ponta Porã 

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) intervém pela implantação de um porto seco (estação aduaneira – recinto alfandegado) em Ponta Porã. Nesta manhã, o parlamentar se reuniu com o superintendente da 1ª Região Fiscal da Receita Federal, Antônio Henrique Lindemberg, o prefeito do município, Eduardo Lopes, o presidente da Câmara Municipal Agnaldo Miudinho e vereadores, para tratar sobre esse assunto. Além da agenda na Receita Federal, o grupo também esteve com  o embaixador do Paraguai, Juan Ángel Delgadillo. “Desde 2019, foi publicado que é viável a implantação de um porto seco, no município de Ponta Porã. Abrimos diálogo com a Receita Federal e a embaixada, para entender por que ainda não foi construído. Esse serviço vai favorecer diretamente a Rota Biocênica”, explicou o senador Nelsinho Trad, que pretende levar o tema para discussão na próxima reunião do Parlasul (Parlamento do Mercosul).

Após conversa com o superintendente da Receita Federal, o prefeito Eduardo Lopes agradeceu ao senador Nelsinho Trad e fez um vídeo para divulgação ao município de Ponta Porã. “Estou trazendo boas notícias da Receita Federal, a reinstalação do Porto Seco. A gente vai conseguir que seja uma realidade para a fronteira”, disse o prefeito.

O senador Nelsinho Trad destacou que seria inevitável à Receita Federal buscar solução a essa obra que fará diferença para economia de Mato Grosso do Sul. “A capital da fronteira é Ponta Porã, é preciso inserir essa nova modelagem para desenvolvimento, para que essa realidade aconteça”, afirmou o senador.

De acordo com o superintendente da Receita Federal, não houve interessados na licitação para obras do porto seco, que exigem edificações. Conforme estudos previstos, área fechada e coberta destinada ao armazenamento de mercadorias, com o mínimo de 5.108m² (armazém em paredes rígidas, piso pavimentado e nivelado para suportar cargas pesadas, esquadrias e cobertura que proporcionem condições de segurança, pé direito livre de, no mínimo, 8m), com espaço suficiente para ampliação.

Também está previsto estacionamento de veículos pequenos, com no mínimo de 26.508 m² e espaço suficiente para ampliação; prédio em alvenaria para administração da permissionária, com vestiários e sanitários para uso dos empregados e contratados da permissionária que efetuem serviços no Porto Seco; instalações prediais para demais intervenientes no processo administrativo do comércio exterior; fechamento de toda a área do porto seco com cerca ou muro, com altura mínima de 2,5 metros e portões da mesma altura, que ofereçam condições de segurança; Outras instalações prediais: guaritas, portaria, subestações, reservatórios de água, banheiro coletivo, refeitório, enfermaria para empregados e usuários, local para instalação de antena repetidora de sinal de celular, espaço para caixas eletrônicos e sala para a ADAC (Associação dos Despachantes Aduaneiros) e ATIC (Associação das Transportadoras). “Vamos tentar resolver em 12 meses com novo processo de licitação e divulgação”, comentou.

Embaixada do Paraguai no Brasil 

Acompanhados do senador Nelsinho Trad, o grupo de Ponta Porã foi recebido pelo embaixador Juan Ángel Delgadillo para debater sobre a necessidade de preparação diante do aumento no comércio e turismo com a conclusão da Rota Bioceânica. “Há muito tempo que não temos os comitês de fronteira. Os comitês de fronteira, o encontro das autoridades, das capitais, também isso, para falar de volta de turismo”, comentou o embaixador.

Com a conclusão do corredor bioceânico, segundo o embaixador, em dois a três anos, será necessário sim a existência de comitês de fronteira. “A impressão que eu tive quando fui a Murtinho, Ponta Porã já está habituado ao dinamismo”, disse Delgadillo.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

SENAPPEN inicia Diagnóstico Nacional para Prevenção à Tortura no Sistema Prisional

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), por meio da Espen (Escola Penitenciária) informa aos policiais penais que está aberta uma pesquisa...

Polícia prende autor de receptação de gado em Anaurilândia

Polícia prende prendeu em flagrante um indivíduo de 60 anos por receptação de animal em Anaurilândia. Os policiais estavam investigando um crime de abigeato...

Dengue: Mato Grosso do Sul registra 19.636 casos em 2024

Mato Grosso do Sul já registrou 19.636 casos prováveis de Dengue, sendo 14.033 casos confirmados em 2024, de acordo com dados do boletim da...

Programa para recuperação de nascentes é tema de projeto na ALEMS

De autoria do deputado e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Gerson Claro (PP), tramita na Casa de Leis o Projeto...