quarta-feira, 29/11/2023

Vice-governador debate no DOF protocolos de segurança da fronteira

O vice-governador Barbosinha visitou no sábado (7) a nova sede do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), inaugurada no dia 26 de setembro do ano passado em Dourados. Na oportunidade, cumprimentou o comandante da unidade, coronel Wagner Ferreira da Silva, pela bela estrutura montada para sediar as atividades do Departamento, que é considerado referência nacional no combate à criminalidade e aproveitou para trocar impressões sobre a extensão das atividades do DOF na faixa de fronteira.

Criado em 28 de maio de 1987 como GOF (Grupo de Operações de Fronteira), o DOF é uma iniciativa pioneira. É o primeiro departamento especializado em fronteiras do Brasil com atuação em 53 municípios, desses, nove que fazem divisa com o estado de São Paulo, afetados diretamente pelo tráfico de entorpecentes. A base ‘Coronel Adib Massad’ [o nome foi dado pelo então deputado Barbosinha em homenagem ao criador do Grupo, falecido em março de 2021] compreende ainda um raio de 1.517 quilômetros de fronteira seca com o Paraguai e a Bolívia.

Por isso mesmo, o vice-governador defendeu o estreitamento das relações diplomáticas com esses países limítrofes, e considerou a importância de se estabelecer um protocolo de segurança de fronteira, capaz de permitir ações integradas entre as forças de segurança brasileiras com os organismos paraguaios e bolivianos, no caso específico do DOF. “Como temos apenas uma divisa imaginária, o que facilita a prática de ilícitos de um lado e a busca pela impunidade, muitas vezes, apenas atravessando a rua, penso que é importante estreitar esse intercâmbio de atuação do DOF com as polícias dos países irmãos, permitindo ampliar ainda mais a nossa capacidade de repressão ao crime organizado”, disse Barbosinha.

Na sede do Departamento, o vice-governador percorreu as dependências administrativas, conheceu o sistema de videomonitoramento das áreas de cobertura dos agentes do DOF, esteve no pátio que abriga viaturas todas novas e no heliponto que serve ao helicóptero modelo AS350-B3, conhecido como Esquilo, adquirido por R$ 32 milhões pela Sejusp (Secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública) e já em operação, em apoio, inclusive, às demais forças de segurança, nos municípios da faixa de fronteira. Barbosinha cumprimentou os policiais baseados na unidade de Dourados e elogiou a moderna estrutura colocada à disposição da população.

Até setembro de 2021 o DOF havia apreendido 154,3 toneladas de drogas na região de fronteira e 7,8 toneladas de agrotóxicos, além de prender 387 pessoas, a maioria por envolvimento com o tráfico de entorpecentes. A nova estrutura física de Dourados demandou investimentos da ordem de R$ 5,3 milhões.

 

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

Mais notícias

Ladrão e receptador são presos no Bairro Nova Lima

Na tarde de ontem, quinta-feira (23), dois indivíduos foram presos no Bairro Nova Lima, em Campo Grande, após a prática de crimes relacionados a...

Lutadora do UFC libera OnlyFans para comemorar vitória

Lutadora argentina libera assinatura grátis no OnlyFans após vitória no último sábado (18) no UFC. Após vencer Lucie Pudilova no card do UFC Vegas...

Lula indica Flávio Dino ao STF e Paulo Gonet para a PGR

Lula indica Flávio Dino ao STF e Gonet para o comando da PGR. Indicações foram feitas na manhã de hoje (27), antes do petista...

Casal é feito refém durante assalto a sítio

Trio armado invade sítio e faz casal refém em Naviraí. Ao sair para ver o porque os cães latiam foi surpreendido pelos marginais. As...