Globo é condenada por “ditadura da magreza” no jornalismo

0
103

Em decisão inédita a TV Globo poderá ser punida; por estabelecer um “padrão de beleza; no qual a justiça interpretou como prática de misógina; ou seja, ódio, desprezo ou preconceito contra mulheres ou meninas. Ato discriminatório. Cabe ainda recurso na ação condenatória.

A jornalista ficou afastada durante 77 dias com Síndrome de Burnout pouco antes de deixar a TV Globo, em novembro de 2021. A Globo poderá ter que pagar mais de R$ 8 milhões à repórter, entre indenizações e direitos trabalhistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui