quinta-feira, 20/06/2024

DELCÍDIO PREFEITO: “Por que eu quero e estou pronto para administrar Corumbá”

ENTREVISTA COM DELCÍDIO DO AMARAL
Pré-candidato a prefeito em Corumbá/MS pelo Partido Renovação Democrática (PRD)

*Por Josimar Palácio

DELCÍDIO DO AMARAL GOMEZ (69): Engenheiro-eletricista e político. Ex-ministro de Minas e Energia do Brasil no governo de Itamar Franco/ Senador da República por MS por dois mandatos; Secretário de Infraestrutura no governo Zeca do PT. Na atualidade é presidente estadual do PRD (Partido Renovação Democrática). Foi entrevistado no programa ‘Boca do Povo’ da FM-101.9 pelo jor. B. de Paula Filho, onde se declarou pré-candidato a prefeito de Corumbá nas eleições municipais deste ano.

Boca: Para onde vai caminhar a política deste ano em nosso estado?
DELCÍDIO –
“Acho que as eleições municipais não serão polarizadas. O Bolsonaro não tem mais aquela mesma força de quando sua palavra era uma espécie de ordem unida nacional. Sem a força da presidência sua liderança tende a minguar. A ausência dele nos momentos mais cruciais, onde seu exército de seguidores esperava um comandante e ele “se mandou” para os Estados Unidos mereceu críticas severas dos que ficaram órfãos pela sua ausência. Suas idas à Disneylândia abriram margens às críticas, justamente no período em que as pessoas mais queriam ouvi-lo e ele se ausentou, inclusive do país”.

Boca: O que mais faltou ou está faltando ao PL?
DELCÍDIO –
“Humildade. O PL é hoje o maior partido do Congresso com 100 deputados federais. O partido precisa de um projeto com suas lideranças e falar numa só linguagem. Precisa ter uma só bandeira. Esse “vai não vai” é ruim internamente para o partido. Essas marchas e desmarchas criam uma dissintonia, um desentrosamento interno e Campo Grande deixa de ter mais alternativas para escolher um administrador nas eleições deste ano”.

Boca: Quem será o candidato do PL para este ano em nossa Capital?
DELCIDIO –
“É uma reprise do passado que está acontecendo novamente. Vocês (referindo-se ao programa BOCA DO POVO) deram um tremendo furo de reportagem ao entrevistar o próprio Bolsonaro e ele próprio confirmou o deputado Henrique Catan que é jovem, tem excelentes idéias, arrojado e de um histórico bonito. Essas indecisões vão criando inseguranças internas que acabam contaminando e enchendo de dúvidas eleitores e simpatizantes. Algo muito ruim dentro de qualquer partido que apresente esse tipo de comportamento”.

Boca: Qual o seu novo partido?
DELCÍDIO –
“O PRD – Partido Renovação Democrática, resultante da fusão PTB/Patriota. Eles se fundiram para se tornar um novo partido o PRD. A presidência durante os dois anos será ocupada pelo Ovasco Resente ex-presidente do Patriota. O vice-presidente é o Marcos Vinícius que era o então presidente do PTB”.

Boca: Já formaram diretórios no interior?
DELCÍDIO –
“Quando o PTB parou a campanha no meio do caminho com suas contas bloqueadas, reclamações e protestos veio a fusão com Patriota. Checando o PTB descobrimos que as pessoas que mais nos enganaram eram justamente as que mais reclamavam e não trabalhavam durante a campanha. Os que ‘vestiam a camisa’ estavam conosco marchando. A fusão durou ‘um ano’ devido as encrencas arrumadas pelo Roberto Jefferson com o judiciário, que por sua vez, resultou numa espécie de má vontade nas decisões. Devido a todos os percalços começou surgir uma seleção natural e quem tinha objetivo acabou ficando no PRD”.

Boca: Qual a forma correta de ver os partidos no MS?
DELCÍDIO –
“A estrutura política em nosso estado é muito fechada. Para onde quer que se vá a lotação está completa. Lugares só na chamada “Classe Dog”. Primeira Classe e Executiva com todos os assentos tomados e seus respectivos passageiros consumindo champanhe e salgadinhos. Quem quiser adentrar à classe política está procurando um novo partido e o PRD é a nova, novíssima chance”.

Boca: Qual a estratégia que o PRD vai usar?
DELCÍDIO –
“Vamos nos consolidar com novos nomes, bons quadros, lideranças, gente com projetos, nada feito ‘à toque de caixa’ ou ‘solavancos’. Partido para discutir projetos como: segurança, saúde, educação, inovação, tecnologia, inovação. Sem essa de “samba do crioulo doido” que o povo está se defrontando noutros partidos, com essas propostas malucas e inexatas que estão por aí está com seus dias contados’.

Boca: Você será mesmo candidato a prefeito em Corumbá?
DELCÍDIO –
“Sou pré-candidato. Sou corumbaense de uma família tradicional, pecuarista e centenária, pois entrou em Corumbá nos idos de 1900, sendo que meu avô foi uma pessoa conceituada e emblemática da região. Ademais, Corumbá sempre esteve em nosso coração.

Boca: Qual sua visão sobre o momento atual na cidade?
DELCÍDIO –
“Tenho andado pelas ruas. Dá pra sentir que o povo está enfastiado com a politicalha que tomou conta da administração. A gestão atual extrapolou. A seriedade exigida na saúde, educação e demais áreas deixou de existir. Corumbá precisa de uma gestão séria e moderna. Precisamos deixar de perder pessoas inteligentes e profissionais para outros cantos porque a cidade não oportuniza empresas e empreendimento. A ‘mesmice’ esqueceu a cidade para transformar o futuro numa briga de Clãs. Meu projeto é mudar os rumos, trazer desenvolvimento, empresas e explorar todas as possibilidades e potencialidades que a cidade oferece e que estão esquecidas. Sou pré-candidato e quero administrar Corumbá para fazê-la assumir seu grandioso destino”.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Papy participa da assinatura da ordem de serviço para obras na Unidade de Saúde do Aero Rancho

De olho na Saúde, o vereador Papy (PSDB) participou, na manhã da última quarta-feira (12), da assinatura da ordem de serviço para reforma e...

Conselho aprova 86 cartas consulta que pleiteiam R$ 175 milhões em financiamentos pelo FCO

O Conselho Estadual do FCO (Fundo Constitucional do Centro-Oeste) se reuniu na semana passada para a 6ª reunião ordinária e os membros apreciaram e...

AQUIDAUANA: Departamento de Trânsito e Lions arrecadam donativos para famílias gaúchas.

Essa semana, a campanha da Prefeitura de Aquidauana em prol das famílias pelo gaúchas ganhou mais um reforço com mais donativos arrecadados pela equipe...

Comissão decide entrar com ação para suspender aumento em pedágio até conclusão da repactuação da BR-163

A Comissão de Representação de Acompanhamento da Repactuação da Concessão da BR-163, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, da qual o deputado...