sexta-feira, 19/04/2024

Embaixada celebra Dia Nacional do Kuwait

São Paulo – A Embaixada do Kuwait no Brasil celebrou o Dia Nacional e Dia da Libertação do país nesta quarta-feira (21), trazendo para a comemoração temas que permeiam as relações do Kuwait com o Brasil e com o mundo. A embaixada informou que simplificou a celebração deste ano, realizando em menor escala do que em anos anteriores e sem atividades musicais em função dos acontecimentos na Faixa de Gaza.

Divulgação

Embaixador Al-Mansour com outros diplomatas da Embaixada do Kuwait

As datas destes dois dias especiais para o Kuwait são 25 e 26 de fevereiro, respectivamente. O Dia Nacional marca a independência do Kuwait desde 1961 e o Dia da Libertação do país, em 1991, da ocupação em conflito no Golfo.

Ao receber convidados para um almoço o embaixador do Kuwait, Talal Rashed Al-Mansour, descreveu progressos e valores do seu país e comentou as relações do Kuwait com o Brasil, que têm 56 anos. “Essas relações se caracterizam por muitos aspectos em comum nas posições dos dois países e são regidas pelos princípios da compreensão mútua e pelo respeito das resoluções da ONU (Nações Unidas) e a implementação das recomendações dos organismos internacionais relacionados”, disse.

Ele afirmou que existem enormes oportunidades de investimentos no Brasil, especialmente em energias renováveis, infraestrutura e segurança alimentar, e uma séria intenção em promover a cooperação econômica e comercial e aumentar os investimentos kuwaitianos no Brasil. “Nessa perspectiva, o Fundo Kuwaitiano para o Desenvolvimento Econômico Árabe e a Autoridade Geral de Investimentos podem desempenhar um papel importante na exploração de oportunidades de investimento existentes e concretizá-las para o benefício de ambas as partes”, afirmou.

O diplomata também expressou solidariedade ao povo palestino e ao seu sofrimento atual. “Devido à agressão israelense na Faixa de Gaza, que ceifou a vida de dezenas de milhares e feriu um grande número de vítimas, a maioria das quais eram crianças e mulheres, o Estado do Kuwait decidiu este ano reduzir os aspectos das celebrações por ocasião dos Dias Nacionais e de Libertação”, disse.

O secretário de África e de Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, embaixador Carlos Sérgio Sobral Duarte (na foto de abertura, com o embaixador Al-Mansour), esteve presente, assim como outras autoridades e diplomatas, entre eles o secretário-geral e CEO da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Tamer Mansour.

CRÉDITO: CÂMARA DE COMÉRCIO ÁRABE BRASILEIRA

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Funsat anuncia 2.065 vagas de emprego em 183 funções nesta sexta-feira

A Fundação Social do Trabalho (Funsat) oferece 2.065 vagas de emprego nesta sexta-feira (19). As contratações são para 183 profissões, em 266 empresas de...

Justiça concede prisão preventiva a mulher que levou o tio morto ao banco

Justiça do Rio decidi converter a prisão em flagrante de Érika de Souza Nunes para preventiva, na tarde de hoje (18), durante a audiência...

CENIPA irá periciar o Helicóptero da Casa Militar de MS que caiu no Aeroporto Santa Maria

A CENIPA irá periciar o Helicóptero da Casa Militar de MS que caiu hoje (18), no Aeroporto Santa Maria, em Campo Grande. A Delegada do...

Vereador William Maksoud ouve moradores na UBS da Vila Fernanda

O vereador William Maksoud visitou, nesta sexta-feira (12), a unidade básica de saúde “Maria Ivone Nascimento Arakaki”, localizada na Vila Fernanda, região sul de...