sábado, 20/04/2024

Escolas cívico-militares não serão ampliadas em Mato Grosso do Sul em 2024

Escolas cívico-militares não serão ampliadas em Mato Grosso do Sul em 2024
Quatro escolas estaduais e cinco municipais no interior de MS têm gestão militarizada.

Com o encerramento do Pecim (Programa de Escolas Cívico-Militares) após decisão do governo Lula (PT) em julho de 2023, alguns estados como São Paulo, Goiás e Minas Gerais decidiram expandir a educação básica militarizada por conta própria. Em Mato Grosso do Sul, no entanto, o programa deve permanecer como está e, segundo a SED (Secretaria Estadual de Educação), não há previsão de expansão.

O Pecim foi criado em 2019 por um decreto do ex-presidente Jair Bolsonaro e propõe administração compartilhada entre instituições militares e civis. Mato Grosso do Sul tem quatro escolas cívico-militares, duas em Campo Grande, uma em Anastácio e outra em Maracaju.

Governadores de outros estados como Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP), Ronaldo Caiado (União-GO) e Romeu Zema (Novo-MG) produziram projetos próprios para dar sequência ao projeto.

Cenário em Mato Grosso do Sul
De acordo com a SED, Mato Grosso do Sul conta com quatro escolas estaduais inseridas no Programa Cívico-Militar: a Marçal de Souza Tupã-Y (Campo Grande) e Maria Corrêa Dias (Anastácio) com parceria com a Polícia Militar; e a Professor Alberto Elpídio Ferreira Dias (Campo Grande) e Coronel Lima de Figueiredo (Maracaju), em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar.

Na Rede Municipal de Ensino, nenhuma das 205 unidades de Campo Grande faz parte do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, segundo a Semed (Secretaria Municipal de Educação).

Já no interior, cinco escolas seguem o modelo militarizado de gestão: a José de Souza Damy em Corumbá, Polo Aurelino Ataíde de Brito em Rio Verde, Professor Adenocre Alexandre de Morais em Costa Rica, Cláudio de Oliveira em Porto Murtinho e Major Alberto Rodrigues da Costa em Jardim.

Panorama Nacional
Até ser encerrado, o programa contou com 208 escolas cívico-militares cadastradas no MEC (Ministério da Educação), o equivalente a 0,1% do total das escolas públicas brasileiras. As unidades atendem cerca de 192 mil estudantes nos 23 estados e no Distrito Federal. Santa Catarina lidera o ranking com 21 escolas, seguida do Rio Grande do Sul com 17, Minas Gerais com 15, e Paraná e São Paulo empatados com 12.

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Difusora Pantanal foi sucesso absoluto na Expogrande 2024!

Rádio Difusora Pantanal: Sintonizada com o Agro do Mato Grosso do Sul!A 84ª Expogrande, realizada no período 04 a 17 de abril , no...

Dupla é presa por furto de cartão de crédito na Capital

Polícia prendeu uma dupla em flagrante por furto de cartão de crédito em Campo Grande. A dupla efetuou compras em diversos estabelecimentos, deixando um...

Valorização: Dr. Sandro Benites vota sim para 30 horas dos psicólogos

O vereador Dr. Sandro Benites (PP) votou sim, em regime de urgência, ao Projeto de Lei da prefeita Adriane Lopes (PP), que concede a...

Gerson recebe homenagem da PM por trabalho no combate à violência doméstica

O deputado Gerson Claro, presidente da Assembleia Legislativa, foi homenageado pela Polícia Militar com a medalha “Tenente-Coronel PM Ana Neiza Baltha”. De acordo com...