segunda-feira, 15/04/2024

Março Lilás: Dr. Victor Rocha faz alerta sobre a importância da prevenção ao câncer do colo de útero 

Médico há 20 anos participa de do Programa Papo em Dia com dicas de prevenção, diagnóstico e tratamentos.

Aproveitando o Março Lilás, que é o mês de conscientização sobre a importância de prevenir contra o câncer do colo do útero, a quarta maior causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o vereador e médico Dr. Victor Rocha (PSDB) participou do Programa Papo em Dia para esclarecer dúvidas sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento.

A informação e a educação são essenciais para a saúde das mulheres. Dr. Victor Rocha alertou que a principal forma de prevenir o câncer de colo do útero é o exame preventivo papanicolau e a vacinação contra o HPV. “Segundo orientações do Ministério da Saúde, o exame preventivo deve ser feito por todas as mulheres com idade entre 25 e 64 anos que já tenham iniciado a vida sexual. Quando a mulher possui fatores de risco para a doença, pode ser solicitado uma frequência menor entre um exame e outro. Esse exame ajuda a identificar a infecção por HPV e outras possíveis complicações que possam levar ao desenvolvimento do câncer do colo do útero”, pontuou.

Outra forma de prevenção é a vacina contra o vírus HPV, que deve ser aplicada nas crianças entre os 9 e 14 anos. “A vacinação nas crianças deve ser realizada para proteger do vírus do HPV. Não é um estimulo à sexualidade precoce, mas sim à prevenção de doenças que infecta a pele ou mucosas (oral, genital ou anal) das pessoas, provocando verrugas anogenitais (na região genital e ânus) e câncer, a depender do tipo de vírus. A infecção pelo HPV é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST). O uso de preservativos também deve ser uma medida preventiva contra esse tipo de vírus, prevenindo também outras doenças sexualmente transmissíveis, além de uma gravidez indesejada”, avaliou.

Victor Rocha disse que apesar de ser uma doença grave, quando o diagnóstico é precoce, as chances de cura do câncer de colo do útero são grandes. Com os exames realizados de forma periódica, é possível identificar o tumor ainda em fase inicial, melhorando as chances de sucesso no tratamento. Na maioria dos casos, os sintomas surgem apenas quando o câncer se encontra em um estágio mais avançado, por isso a prevenção precisa ser incentivada.

O programa também contou com a participação do vereador e médico, Dr. Loester (MDB).

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

MIRANDA: Agora temos uma biblioteca, Um espaço dedicado à pesquisa e ao conhecimento!

No dia de ontem, foi comemorado no Brasil o Dia Nacional da Biblioteca (09 de abril), e agora podemos celebrar pois temos nossa própria...

ALEMS analisa PL de autoria do Deputado Caravina que prevê incentivo para rádios comunitárias

A Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) começou a analisar nesta terça-feira (9) Projeto de Lei que visa instituir medidas de apoio...

BONITO: Recurso financiado do Banco do Brasil será investido em recapeamento e asfalto.

A Prefeitura de Bonito e o Banco do Brasil assinaram na quarta-feira (10) contrato no valor de R$ 30 milhões, por meio do Programa...

Prefeitura abre vagas para curso gratuito de Design de Sobrancelha, Manicure e Pedicure, no Bairro Tiradentes

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal da Juventude (Sejuv), realiza os cursos de Design de Sobrancelha, de 15 a 17...