sexta-feira, 24/05/2024

NIOAQUE: Prefeitura e Sebrae/MS trazem inovação gastronômica para os feirantes do municipio.

Antes de experimentar o sabor de um prato, o cliente experimenta a sensação de “dar água na boca” estimulada por uma aparência apetitosa. A importância do sabor e aroma é inegável e continua como maior preocupação, mas para o empreendedor gastronômico que almeja conquistar novos consumidores e garantir o diferencial, inovar e caprichar na apresentação é essencial. Pensando nisso, os empreendedores que atuam na feira de Nioaque foram apoiados pelo Sebrae/MS, por meio do programa Cidade Empreendedora, executado em parceria com a Prefeitura Municipal de Nioaque, para adotar métodos de inovação gastronômica e estimular a economia local.

Com o propósito de unir a culinária típica de feira com a cultura regional, a principal aposta foi a criação de formas para moldar pastéis em formato de dinossauros, algo que remete às pegadas dos animais encontradas por pesquisas feitas no município na área da paleontologia. “O que é mais típico de feira do que é o pastel? Tem feira que não tem churros, tem feira que não tem crepe, mas todas as feiras têm pastéis”, justifica o chefe e consultor do Sebrae/MS, Paulo Vasconcelos, que foi o mediador da ideia. 

A ação faz parte do projeto “Hoje é Dia de Feira” e teve o objetivo de auxiliar os feirantes a se reinventarem e ampliarem as vendas, por meio de estratégias de atendimento, gestão e inovação nos produtos, além do sabor, trazendo uma gastronomia que ressalte a cultura local. O chefe afirma que a iniciativa nasceu especialmente para o 1º Festival Gastronômico Jurássico que será realizado neste sábado (11), em Nioaque, na Rodoviária Municipal, a partir das 18h, que traz temática do período quando viveram os dinossauros. 

“Os feirantes de Nioaque quiseram incrementar nos produtos uma identidade que remeta a história da cidade, que há milhões de anos foi habitat de dinossauros, por isso pensamos nas forminhas e também desenvolvemos técnicas de pigmentação e recheios para a confecção dos pastéis”, pontuou o chef Paulo.

Todo esse conhecimento foi passado para os feirantes em um Workshop Gastronômico ministrado pelo consultor do Sebrae/MS. Os feirantes aprenderam novas técnicas e, cada um recebeu, uma forminha diferente para personalização dos pastéis. Segundo a empreendedora Mikaeli Gonçalves, a iniciativa é um sucesso. “Pensei que era uma inovação para as crianças, mas chamou muita atenção dos adultos também, então, funciona como um marketing muito divertido para nosso negócio”, expõe a feirante.

Segundo o analista-técnico do Sebrae/MS, Alex Schmidt, esse apoio oferecido aos feirantes fez a diferença, principalmente, no fortalecimento do grupo. “Essa alternativa de diversificação de produtos atrai para o comércio local tanto a atenção tanto dos moradores, quanto dos visitantes de outros municípios, o que movimenta a economia e ainda evidencia uma característica peculiar de Nioaque que é a presença das pegadas de dinossauros comprovadas cientificamente. Com isso, fomentamos não só o empreendedorismo, mas também o turismo local, promovendo maior geração de renda para diferentes setores”, destacou.

Prototipagem e criação dos utensílios

Viabilizar as forminhas para os feirantes de forma personalizada foi algo materializado pelo Living Lab, Laboratório de Inovação do Sebrae/MS. Alexandre Nicoletti, gestor do Lab Maker, diz que foram confeccionados utensílios de formatos diferentes, exclusivos para cada feirante. “A gente pôde imprimir nas máquinas de impressão 3D, utilizando material plástico. Foram realizados testes, o chef fez em pastéis com várias cores e deu super certo, então foi um protótipo validado”, explica Alexandre.

O Living Lab é um laboratório que apoia projetos e ideias de cunho inovador, como startups e negócios de impacto socioambiental. Além de criar as formas, o espaço também auxiliou na criação de carimbos para embalagens. “Outro projeto que realizado foi a elaboração de carimbos, que a gente fez na máquina de corte a laser utilizando manta de borracha e estrutura em acrílico ou em MDF. Já fizemos uma primeira entrega para um feirante que é uma hamburgueria chamada Zé Figueira”, complementa Alexandre.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Mariliense é sequestrado por criminosos em Chapadão do Sul.

Mariliense é sequestrado por criminosos em Chapadão do Sul. Após ser liberado numa estrada do município registrou um B.O na Delegacia de Polícia. Aos...

Com incentivo e programas, Governo de MS quer abrir a nova fronteira tecnológica

Levar tecnologia para os agricultores por meio de programas, acesso a linhas de crédito e políticas que incentivem produção com sustentabilidade. Este é um dos...

Bodoquena e Itaporã vão ganhar novas obras de infraestrutura urbana

Com uma gestão municipalista, que busca levar resultados diretos às pessoas, o Governo do Estado firmou mais dois convênios com as cidades de Bodoquena...

Deputado considera Reforma Tributária engodo e será uma tragédia para o MS

O deputado Estadual Paulo Duarte (PSB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (22), para fazer considerações sobre a reforma tributária que está...