quinta-feira, 20/06/2024

Paraguaios são resgatados de trabalho escravo em MS

Cinco paraguaios são resgatados de trabalho análogo a escravidão num fazenda em Nova Alvorada do Sul. Eles trabalhavam em condições desumanas. Moravam em barracos, sem saneamento básico e água potável. Desenvolvia atividades no carregamento de lenha e operavam tratadores sem treinamento. Ganhavam em torno de R$ 1,3 mil e tinha que pagar em torno de R$ 300,00 por parte da alimentação.

Integraram a força tarefa o Procurador do Trabalho Paulo; Douglas Almeida de Moraes e representantes do Ministério do Trabalho e Emprego e da Polícia Militar. Um acordo foi firmado entre as partes envolvidas e se não cumpridas serão aplicadas multas que podem chegar a R$ 6 mil, por trabalhado prejudicado.

No âmbito coletivo, ficou ajustada indenização de R$ 50 mil, parcelada em cinco vezes e que será destinada ao Conselho do Trabalho Decente e Enfrentamento ao Trabalho Infantil, ao Tráfico de Pessoas e ao Trabalho em Condições Análogas a de Escravo.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Traficante foragido é preso em Santa Rita do Pardo.

Com o apoio da PM e Polícia Penal um traficante foragido em Santa Rita do Pardo foi preso. Ele estava de tornozeleira eletrônica e...

Vereador Dr. Jamal apresentou à Câmara Municipal de Campo Grande as seguintes propostas de melhoria.

Vereador Dr. Jamal apresentou à Câmara Municipal de Campo Grande as seguintes propostas de melhoria: Troca de lâmpada na Avenida das Bandeiras, n° 1378,...

Com apoio aéreo, bombeiros atuam em incêndios florestais e resgatam ribeirinhos no Pantanal

O trabalho de combate aos incêndios florestais no Pantanal, em Mato Grosso do Sul, realizado pelo Corpo de Bombeiros, ocorre em diferentes áreas do...

BELA VISTA: Hospital do Amor prorroga atendimento e terá semana toda com atendimento gratuito para mamografia.

Com a prorrogação dos atendimentos, as mulheres bela-vistenses terão a semana toda para realizarem o exame de mamografia, gratuitamente, na Unidade Móvel do Hospital...