segunda-feira, 20/05/2024

Sistema Famasul participa da assinatura entre Governo de MS e Fundecitrus, para impulsionar citricultura

Na tarde da última sexta-feira (12), o diretor-executivo da Famasul e superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan, esteve presente na assinatura do termo de cooperação técnica entre o Governo de Mato Grosso do Sul, e o Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura de São Paulo), que tem como objetivo impulsionar e promover o desenvolvimento da citricultura no estado.

“Vamos precisar de profissionais qualificados e atualizados para atender a demanda produtiva em Mato Grosso do Sul. O Senar/MS atua fortemente na capacitação, com um vasto portfólio de cursos na citricultura que fortalecem a expertise local. Além disso, temos a Assistência Técnica e Gerencial que prepara o produtor rural para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades que surgem no setor citrícola. Estamos muito empolgados com as boas projeções e estamos prontos para contribuir, fazendo a nossa parte”, destacou Galvan.

O termo de cooperação prevê apoio técnico e científico, assim como a execução de programas e projetos ao setor, com intercâmbio de informações, dados técnicos, experiências e mecanismos que visem o desenvolvimento sustentável e econômico das frutas cítricas.

“Desta forma se abre uma nova fronteira de expansão no Mato Grosso do Sul, que vai ter todo o comprometimento e parceria do Governo do Estado, que vai trabalhar para criar um bom ambiente de negócios para citricultura”, afirmou o governador, Eduardo Riedel.

Mato Grosso do Sul conta com uma área de 10.300 hectares de citricultura, com uma previsão de expansão após o anúncio do investimento de R$500 milhões no plantio de 5 mil hectares de laranja pelo grupo Cutrale. Segundo o Governo do Estado, outros produtores de São Paulo já estudam investir em MS.  

Um dos fatores que atraiu grandes players da citricultura do estado vizinho é o controle e legislação de “tolerância zero” para doenças como a greening, que ocorre em escala preocupante no estado de São Paulo.

“A nossa parceria é para transferir todo o nosso conhecimento que a gente adquiriu, com a experiência de enfrentar os nossos problemas em São Paulo. A gente vem de um cenário de doença muito complicado, mas aqui é outro cenário e o objetivo é que tenha um resultado potencializado, para não sofrer aqui, o que ocorreu lá”, afirmou Guilherme Rodrigues, representante da Fundecitrus.  

Também estiveram na assinatura presentes: o secretário da Semadesc, Jaime Verruck e o secretário-executivo da pasta, Rogério Beretta; o diretor-presidente da Agraer, Washington Willeman; o diretor-adjunto da Iagro, Cristiano Moreira; a CEO do grupo Junqueira Rodas, Sarita Junqueira Rodas; e o diretor agrícola da Cutrale, Valdir Guessi.

Crédito: Assessoria de Comunicação Sistema Famasul – Camilla Jovê

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Vereador Ronilço Guerreiro faz doação de centenas de gibis para as crianças que estão nos abrigos no Rio Grande do Sul

Conhecido como vereador dos livros, Ronilço Guerreiro enviou para os abrigos do Rio Grande do Sul mais de 500 gibis. O Estado tem sofrido...

Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS

A Operação Cosud, realizada entre os dias 8 e 12 de maio, no Estado de Mato Grosso do Sul, resultou na apreensão de mais...

Tribunal convida para lançamento do concurso do novo monumento do Fórum de Campo Grande

No dia 21 de maio, às 16 horas, o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Des. Sérgio Fernandes Martins, fará...

Coronel David enaltece judiciário, MPE e Polícia Civil pelo retorno à prisão do autor de feminicídio

O deputado estadual Coronel David (PL) apresentou três moções de congratulação nesta terça-feira (12), durante a sessão da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso...