domingo, 16/06/2024

TJMS inaugura novas salas de conciliação

Ano passado, Judiciário julgou 522 mil processos e ultrapassou a meta proposta pelo CNJ.

PRECISAMOS DE MAIS CONCILIAÇÃO E DE MENOS LITÍGIOS, DIZ PRESIDENTE DO TJMS

O presidente do Tribunal de Justiça de MS, desembargador Sérgio Martins, aproveitou a inauguração de duas salas do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs) no prédio da Defensoria Pública, em Campo Grande, para defender a necessidade de mais decisões judiciais por conciliação do que por litígio.

Ano passado, informou, o Judiciário de Mato Grosso do Sul conclui mais de 522 mil processos em primeira e segunda instâncias, desempenho que superou a meta do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). “Mas eu gostaria que esses números fossem menores e que houvesse mais acordos e soluções de conflitos por conciliações entre as partes, o que eu chamo de justiça de união”.

Hoje existem dez salas do Cejucs no Estado e o presidente do TJMS já anunciou mais uma para Paranaíba, “podendo abrir outras se houver necessidade”, afirmou.

As novas salas inauguradas estão localizadas no Cejusc/Defensoria Pública – Unidade Belmar Fidalgo, localizado na Rua Arthur Jorge n. 779, 5º andar – centro. Nesta unidade do Cejusc, outras duas salas já prestam atendimento gratuito à população via parceria com o Tribunal.    

JUSTIÇA MAIS PRÓXIMA

Além dos investimentos em solução de conflitos pela via da conciliação nos Cejucs, o Judiciário de Mato Grosso do Sul presta serviços nessa mesma direção através dos atendimentos feitos pela Justiça Itinerante e pela Carreta da Justiça.  

Iniciativas como o programa Lar Legal MS atendem um problema crônico em todo Estado: a regularização da posse dos imóveis que traz segurança jurídica e dignidade às pessoas, evitando que demandas sobre a posse venham bater na porta dos juizados e Tribunal.

522 MIL PROCESSOS

Os números de 2023 indicam que o Poder Judiciário julgou mais de 522 mil processos, sendo 423.922 processos julgados pelos juízes no 1º Grau, divididos entre a Justiça Comum (283.387) e os Juizados Especiais 140.535.

Na segunda instância foram concluídos 98.336 processos, dos quais 81.870 decididas por colegiado. Por conta desse desempenho o TJMS alcançou 102,92% da Meta 01 estabelecida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com um desempenho acima do esperado.

“Estamos no caminho certo mas podemos avançar mais em decisões compartilhadas pelas partes e diminuir o litígio”, concluiu o presidente, desembargador Sérgio Martins.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Lei: Instituições financeiras devem informar sobre serviços bancários gratuitos

Entrou em vigor nesta segunda-feira (10), a Lei 6.257 de 2024, que assegura o direito às informações sobre a existência de serviços bancários gratuitos, visando...

MS lança nova campanha de promoção turística no mercado norte-americano

De 11 a 13 de junho, o turismo de Mato Grosso do Sul estará presente no AdventureELEVATE North America 2024, uma conferência anual sobre...

No centenário de Maracaju, Governo anuncia construção do aeroporto e novas obras de infraestrutura para cidade

Na comemoração dos 100 anos de Maracaju, a população ganhou novos investimentos do Governo do Estado. Entre eles está a construção de um aeroporto...

Casal é crivado de balas em Nova Andradina

Homem e Mulher são atingidos por disparo de arma de fogo na região do Bairro Argemiro Ortega em Nova Andradina. A dupla estava em...