quinta-feira, 23/05/2024

Vereador Zé da Farmácia visita EMEI abandonada no Portal Caiobá

A visita do vereador Zé da Farmácia a uma obra inacabada de Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) localizada no bairro Portal Caiobá, aconteceu nesta manhã de segunda feira (05). Após inúmeras reclamações de munícipes residentes do entorno da obra, a equipe do parlamentar constatou que existe uma obra inacabada do que, no projeto, seria um EMEI que atenderia um numero significativo de crianças e adolescentes da região, mas hoje encontra-se como habitat de moradores de rua e usuários de droga.

“Essa área está completamente abandonada por nosso poder executivo. A prefeitura deu inicio a construção desta escola, porém, desde 2019 não se vê nenhum maquinário aqui. Os moradores que já tem problemas com o bairro, tem que enfrentar mais isso, um local sujo, abandonado, que traz doenças e insegurança para toda a população” – cita o vereador.

Para lidar com o problema do abandono de obras em escolas, é importante que as autoridades competentes implementem medidas para garantir a conclusão das obras e a manutenção adequada das instalações escolares. Isso pode envolver a alocação de recursos adequados, o estabelecimento de parcerias com o setor privado e a adoção de práticas de gestão eficientes. Além disso, é essencial que a comunidade escolar seja envolvida no processo de tomada de decisão e que haja transparência e prestação de contas por parte das autoridades responsáveis.

Segundo o vereador Zé da Farmácia, verbas existem tanto para construção como para finalização das obras, mas que para que isso aconteça, o dever de cumprir terá que prevalecer. Segundo o parlamentar – “O dinheiro público investido nas obras abandonadas é desperdiçado. Esses recursos poderiam ter sido usados de maneira mais eficaz para melhorar as condições de ensino e aprendizagem.”

Obras abandonadas podem criar um ambiente de aprendizado desagradável e inadequado. Isso pode afetar negativamente o interesse acadêmico dos futuros alunos e sua motivação para frequentar a escola que um dia poderá surgir naquele local.

Esse abandono, pode minar a confiança dos cidadãos do bairro nas autoridades responsáveis pela gestão e manutenção das instalações educacionais. Isso pode levar a um ciclo de desconfiança e falta de cooperação entre a comunidade e os órgãos governamentais.

“Estou oficiando as secretarias responsáveis por esse abandono. Precisamos de respostas e de atitudes para resolver de vez essa questão que tanto atrapalha o futuro das gerações existentes no Portal Caiobá.” – finaliza o vereador.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Antonio João se une em ajuda ao Rio Grande do Sul após tragédia.

Na esteira da tragédia que assolou o Rio Grande do Sul com inundações devastadoras, um raio de esperança surgiu da cidade de Antonio João,...

Ministério da Agricultura e Pecuária destaca vocação brasileira na exportação de carne de frango

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) trabalha no fomento e incentivo da produção e exportação de produtos provenientes da avicultura. Para o ministro...

Deputado Zé Teixeira solicita iluminação pública para Dourados

A falta de segurança para motoristas, pedestres e ciclistas que trafegam pela rodovia MS-379 levou o deputado Zé Teixeira (PSDB) a solicitar a implantação...

Condenado por estuprar enteada no Paraná, é preso em Nova Andradina

Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Nova Andradina prendeu um homem de 43 anos condenado por delito de estupro cometido contra sua enteada...