segunda-feira, 15/04/2024

Calor impacta as vacas leiteiras na prenhez

O calor impacta as vacas leiteiras, pois os seus mecanismos de termorregulação são menos eficientes. Para piorar a situação, vacas em pico de produção geram ainda mais calor corporal. As taxas de concepção nas estações reprodutivas podem ser reduzidas em 50% ou mais.

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) divulgou, em janeiro, que 2024 tem potencial de ser o ano mais quente da história. As elevações nos padrões de temperatura, já observados em 2023 e previstos para este ano, afetam não somente a saúde de humanos mas também dos animais.

“Na reprodução das vacas leiteiras, por exemplo, o estresse térmico impacta negativamente a taxa de prenhez, dificultando a multiplicação e o ganho de produtividade do leite – alimento essencial para nossa segurança alimentar”, explica Antonio Coutinho, gerente de marketing e serviços técnicos da Vetoquinol Saúde Animal.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Aprovado Projeto de Lei, do Dr. Victor Rocha, que institui Campanha de Conscientização sobre a Doença Celíaca na Capital

Durante a Sessão Ordinária de terça-feira (09) foi aprovado em segunda discussão e votação o projeto de lei nº 11.207/23, do vereador Dr. Victor...

Gabinete do vereador Ronilço Guerreiro conta com estante de livros disponível para quem frequenta a Casa de Leis

Conhecido por seus projetos de incentivo à leitura, o vereador Ronilço Guerreiro disponibiliza em seu gabinete uma estante de livros para todos que frequentam...

Caça da FAB intercepta avião no interior de SP

Os Caça da FAB A-29 Super Tucano e o avião radar E-99 identificaram uma aeronave suspeita na fronteira do Paraguai com o Brasil, na...

Com mais de 100 cooperativas em MS, modelo de negócio é tema de palestras no Estande da Expogrande 2024

São mais de 105 cooperativas instaladas em Mato Grosso do Sul, o que corresponde a mais de 3.500 empregos diretos; mais de 80 mil...