sexta-feira, 24/05/2024

Com morte de jovens em SC, Detran-MS alerta para regularização de veículos modificados

A morte por asfixia de quatro jovens que estavam em um veículo de luxo em Santa Catarina, acende um alerta para a regularização de alterações de características em veículos. A prática de fazer modificações em veículos é comum em todo país, mas deve seguir uma regulamentação específica. 

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) orienta que qualquer alteração de característica em veículos deve ser solicitada com antecedência, e só depois de concedida a autorização o veículo poderá ser modificado.

A chefe de Controle de Veículo do Detran-MS, Karoline Albuquerque explica que a autorização só será concedida se estiver de acordo com a normas vigentes. “Depois da autorização e de executada a alteração, o proprietário do veículo deve providenciar um CSV (Certificado de Segurança Veicular) válido, emitido por uma ITL (Instituição Técnica Licenciada) em concordância com a autorização concedida pelo Detran. É nesta vistoria realizada na ITL que serão avaliados os itens de segurança, estruturais e emissão de poluentes do veículo”, informa.

Com o CSV em mãos, o proprietário deverá submeter o veículo a uma vistoria final, pois essa ainda é uma etapa obrigatória para verificar os elementos de identificação do veículo e confirmar se as modificações realizadas estão em concordância com a autorização emitida. “A vistoria final é fundamental para a emissão do novo Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo eletrônico (CRLV-e), onde as modificações serão devidamente registradas, garantindo o cumprimento da legislação”, explica.

Em MS, as alterações de características mais realizadas são a troca de carroceria e inclusão de eixo em veículos como caminhões.

Taxa reduzida

Em outubro de 2023, o Detran-MS deixou de cobrar a taxa pela vistoria inicial de alteração de característica de veículo. A medida reduz em mais de R$ 200 o valor da regularização dos documentos de veículos alterados.

Antes, era preciso fazer uma vistoria prévia para então emitir a autorização para iniciar o processo. Hoje o proprietário preenche um requerimento, é feita uma análise se pedido está de acordo com a legislação vigente, se é permitida a mudança, e então é emitida a autorização. Feita a alteração de característica, o veículo passa por vistoria técnica feita por um engenheiro mecânico numa ITL (Instituição Técnica Licenciada) que emitirá um CSV (Certificado de Segurança Veícular). Com este documento em mãos o proprietário retorna ao Detran que irá emitir um novo CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) já com as modificações. 

Sobre os custos, o proprietário de veículo paga uma taxa de R$ 197 para solicitar a autorização para alteração de característica, R$ 250 pela vistoria final de identificação do veículo e R$ 336,77 pela emissão de um novo Certificado de Registro de Veículo – CRV.

Além do perigo para condutores e pedestres, conduzir um veículo modificado, sem regularização, sem a observância dos requisitos para a modificação, configura infração de trânsito de natureza grave, prevista no artigo 230, inciso VII, sujeita à multa de 195,23 reais, 5 pontos na CNH e retenção do veículo para regularização.

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Mariliense é sequestrado por criminosos em Chapadão do Sul.

Mariliense é sequestrado por criminosos em Chapadão do Sul. Após ser liberado numa estrada do município registrou um B.O na Delegacia de Polícia. Aos...

Dr. Sandro Benites percorre escolas de Campo Grande com projeto de combate às drogas

O vereador e médico toxicológico e nutrólogo, Dr. Sandro Benites, tem percorrido as escolas de Campo Grande e distritos próximos, com o seu projeto...

Sefaz e Detran alertam contribuintes sobre golpes com ‘sites dublês’ no pagamento do IPVA

Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) e Detran (Departamento Estadual de Trânsito) alertam a população sul-mato-grossense para a existência dos chamados 'sites dublês', usados...

Combinando ar frio e seco à alta pressão atmosférica, domingo encerra a semana com sol e nebulosidade

Com o avanço de uma massa de ar frio e seco e a atuação da alta pressão atmosférica, a previsão do Cemtec (Centro de...