domingo, 23/06/2024

Dando continuidade ao trabalho do pai, Giancarlo segue projetos com a sucessão familiar

Gisuatto se tornou presidente do Sindicato Rural do município de Angélica após o falecimento do pai.

Aos 46 anos, produtor rural e empresário do ramo de paisagismo, Giancarlo, jamais imaginou representar o agronegócio de seu município. Mas após uma perda na família, ele tomou a decisão de aceitar o convite de se tornar o presidente do Sindicato Rural de Angélica, para honrar ao pai, então presidente, Sr. Antônio Gisuatto, que faleceu no ano passado. Os desafios são grandes, mas a recompensa, maior ainda. Conheça essa história no #TransformandoVidas desta sexta-feira (26).

Giancarlo Gisuatto cresceu no campo ao lado dos pais e do irmão mais velho. Na juventude, viveu várias experiências profissionais, incluindo uma mudança para a Espanha. Mas com o agronegócio no sangue, a pecuária prevaleceu.

“Eu voltei para Angélica, casei-me e hoje trabalho com gado e paisagismo, que foi uma das atividades que comecei na Espanha e trouxe para o Brasil. Os dois negócios ocupam muito do meu tempo. Eu nunca imaginei ter uma terceira função, até chegar agosto de 2023.”, conta o produtor rural.

No ano passado, a família Gisuatto sofreu uma enorme perda com o falecimento de Antônio Gisuatto, pai do Gian e então presidente do Sindicato Rural de Angélica. Com isso, surgiu o convite de assumir os projetos do pai e lutar pelo agronegócio do município.

“No começo eu não queria. Mas conversei com minha esposa e resolvi aceitar o convite para honrar o que o meu pai fez pela cidade durante mais de 15 anos. O Sindicato Rural era a paixão dele. Até então, não entendia. Mas hoje, isso é claro para mim. O quão importante e gratificante é o nosso papel.”, completa.

Com participação ativa na representatividade, Giancarlo quer dar continuidade a projetos antigos e que estão surgindo na sua gestão. Oferecer mão de obra qualificada para o mercado local é um deles. O sindicato abraça os cursos do Senar/MS, que são 100% gratuitos. Nesta semana, os alunos estão aprendendo sobre a fabricação artesanal de derivados do leite.

“É muito bonito ver o papel do Senar/MS e da Famasul para a população do campo. Sinto um orgulho muito grande em poder participar e viver tudo isso. Sei que meu pai está contente como eu estou exercendo essa função tão importante como outros presidentes em MS.”.

Transformando Vidas – Toda sexta-feira o Sistema Famasul divulga uma reportagem sobre a atuação do Senar/MS e as suas transformações no Campo. Confira outras histórias de sucesso no canal do Youtube e no site.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Mulher é presa por tráfico de drogas em Santa Rita do Pardo

Operação conjunta entre a Delegacia de Santa Rita do Pardo e a 1ª Delegacia de Bataguassu resultou na apreensão de drogas em Santa Rita...

Procon na Rua atende neste sábado consumidores no Jardim Noroeste

Moradores da região do Jardim Noroeste podem participar, neste sábado (22), de ação do Procon na Rua na Escola Municipal Senador Rachid Saldanha Derzi,...

Gestão estadual mantém transparência em demonstrativos contábeis e fiscais

Avaliação do Tesouro Nacional concedeu quarta nota A consecutiva para MS Mato Grosso do Sul segue com excelente desempenho no Ranking de Qualidade da Informação...

Vereador Otávio Trad homenageia lideranças da comunidade Evangélica

O vereador Otávio Trad participou da Sessão Solene em comemoração ao Dia Municipal do Pastor Evangélico, realizada na quarta-feira (20), no plenário da Casa...