sábado, 18/05/2024

Empreendedores do Pantanal querem aprimorar atendimento e fisgar turistas pela gastronomia


Pequenos negócios em Ladário, Corumbá e Porto Murtinho participam da oficina “Delícias do Anzol”, promovida pelo Sebrae

Guias de pesca, mulheres empreendedoras de comunidades, proprietários de pesqueiros e barcos hotéis que trabalham em Ladário, Corumbá e Porto Murtinho buscaram aprimorar técnicas de gastronomia para ofertar serviços diferenciados para turistas que visitam o Pantanal. São mais de 40 empreendedores que participam da oficina oferecida pelo Sebrae/MS chamada “Delícias do Anzol: fisgado pelo sabor”, ministrada pelo chef de cozinha e turismólogo Marcílio Galeano.

A analista-técnica do Sebrae/MS, Larissa Moraes, destacou que o aprimoramento de técnicas na cozinha possibilita que empreendedores possam ganhar uma nova habilidade para agregar opções ao produto que é oferecido. “Temos participantes que trabalham em barco hotel, que são guias de pesca, mulheres de comunidades, funcionários de restaurantes e pousadas. Buscamos incentivar as atividades portadoras de futuro, como é o caso do turismo, que tem potencial para alavancar o desenvolvimento regional.”

A proposta foi transformar um dos peixes mais requisitados por quem viaja pelo Pantanal, a piranha, em um prato diferenciado. Também foi apresentada técnica para criar opção para o turista vegetariano. Na oficina, além da aula do chef, todos os participantes produziram molhos e pratos, que passaram pelo crivo de quem estava na atividade. Em geral, eles já possuem uma experiência prévia de produzir diferentes pratos para quem está fazendo uma pescaria ou realizando ecoturismo, com observação de aves, caminhada por trilhas ou praticando navegação esportiva.

Tanto a piranha como a banana da terra podem surpreender quem está passeando pelas regiões onde os empreendedores atuam, seja por conta do sashimi ou ceviche elaborado com diferentes ingredientes, como o leite de coco, coentro e molho shoyu personalizado. A oficina procurou padronizar as técnicas de preparo e valorizar as normas de higiene, tanto quando o prato é elaborado dentro do barco de pesca, quanto em uma cozinha do barco hotel ou de um pesqueiro, bem como em um restaurante.

Em Ladário, a oficina aconteceu no último dia 20 de fevereiro, dentro da área de lazer que fica no 3º andar do barco hotel Celebridade, que estava atracado no porto do município. A Pérola do Pantanal, como a cidade também é conhecida, integra o programa Cidade Empreendedora, executado pelo Sebrae/MS em parceria com a Prefeitura Municipal. Por lá, o turismo está no foco de prioridades para ser desenvolvido.

A presidente da Associação das Mulheres da APA Baía Negra, Virgínia Paz, participou da oficina com outros integrantes da entidade e comemorou que a cozinha do espaço comunitário, onde trabalham diretamente seis mulheres, ganhou uma nova especialidade para oferecer nas visitas de turistas. “Só vem a agregar. Vamos poder trabalhar com o sushi de piranha. Nunca tínhamos oferecido algo assim. Acreditamos que é mais um reforço para podermos gerar renda dentro da comunidade”, explicou Virgínia.

Vânia Ferreira Sorio trabalha com o barco hotel Celebridade há 20 anos e ressaltou que são as novidades que renovam o interesse do turista nas viagens. “A gente procura proporcionar aos funcionários novos conhecimentos porque o turista que vem visitar aqui sempre quer uma coisa nova. A tripulação que fez a oficina ficou muito animada. Aprenderam a fazer molhos diferentes. E é com a gastronomia que a gente fisga mesmo o visitante. Um grupo fala para o outro e a gente vai fechando novos contratos.”

A mesma oficina foi ofertada no Pesqueiro da Odila, no município de Corumbá, com o apoio da Fundação de Turismo, no dia 21 de fevereiro. Às margens do rio Paraguai, a capacitação reuniu empreendedores que trabalham com pesca no Distrito de Albuquerque e nas regiões de Morrinho e Porto Esperança. “Só tenho a agradecer ao Sebrae, à parceria da Fundação de Turismo (de Corumbá). São conhecimentos que ajudam o setor do turismo a crescer. Não tem turista que não vai amar pescar uma piranha fresquinha e ver a preparação de um sashimi, sushi na hora, com tempero que foi ensinado aqui. Isso é uma delícia”, apostou Odila Gonçalves.

Em Porto Murtinho, município onde também acontece o programa Cidade Empreendedora, a oficina vai ser realizada nesta quinta-feira, dia 29 de fevereiro, no Restaurante Porto 267. Todas as mais de 40 pessoas inscritas e que participam da capacitação recebem um kit com receitas impressas, tábua plástica, faca, potes de armazenamento, hashi descartável, pegador inox, álcool e luva descartável, cumbuca de servir, camiseta personalizada e um chapéu Carandá.

Mais informações aos empreendedores por meio da Central de Relacionamento do Sebrae, no número 0800 570 0800.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Funsat realiza processo seletivo para 5 funções nos dias 20 e 21 de maio

Ofertando vagas para 5 (cinco) funções diferentes, a Fundação Social do Trabalho (Funsat) realiza nos dias 20 e 21 de maio um Processo Seletivo...

Escoamento da safra pela MS-355 preocupa Zé Teixeira

O deputado Zé Teixeira (PSDB) está preocupado com as condições de escoamento da produção agrícola na região entre os municípios de Terenos e Dois...

Oficina ‘Ações Educativas em Museus’ é oferecida gratuitamente no MIS

O MIS (Museu da Imagem e do Som), unidade da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul) em parceria com o Sistema...

Pai é preso após espancar a filha no Jardim Tarumã

A DEPCA prendeu em flagrante um jovem de 20 anos no Jardim Tarumã, em Campo Grande, após vizinhos denunciarem que estava agredindo a filha...