sábado, 20/04/2024

Governo de MS vai investir mais de R$ 5 milhões para levar melhorias ao aeródromo de Paranaíba

O Governo de Mato Grosso do Sul fará aporte significativo em melhorias para o aeródromo de Paranaíba, reforçando seu compromisso com a promoção da infraestrutura de qualidade no setor aeroviário. O investimento totaliza R$ 5,3 milhões para restauração da pista de pouso e decolagem da pista de taxiway (que conecta a pista principal ao pátio) e do pátio de aeronaves.

O aporte faz parte de uma estratégia mais ampla do Governo sul-mato-grossense para promover o desenvolvimento econômico do Estado, através da regionalização da aviação, atraindo novos investimentos para as cidades envolvidas. O trabalho está inserido no Plano Aeroviário determinado pelo governador Eduardo Riedel.

Secretário de Infraestrutura e Logística (Seilog), Helio Peluffo destaca a amplitude do projeto, que inclui melhorias em 21 aeroportos e aeródromos em todo o Mato Grosso do Sul, com previsão de investimentos na ordem de R$ 175,4 milhões para 2024 e 2025.

“Estes investimentos abrangem obras de reformas, adequações de pista, cercas e do terminal de passageiros, visando potencializar o turismo, gerar empregos, e aumentar a renda da população local”. Além disso, Peluffo aponta para o impacto positivo dessas melhorias na atração de novos investimentos para as regiões beneficiadas.

Para a execução dos serviços no aeródromo de Paranaíba, foi contratada a empresa Noromix Concreto S/A, conforme publicado no Diário Oficial do Estado. A empresa terá um prazo de 180 dias, a contar da Ordem de Início dos Serviços, para concluir o projeto.

Plano Aeroviário

Este investimento faz parte de um plano aeroviário mais amplo, que prevê cerca de R$ 250 milhões em desenvolvimento aeroportuário por todo o Mato Grosso do Sul, incluindo a construção de novos aeroportos e a reforma e ampliação de aeródromos existentes, visando o fortalecimento da competitividade estadual e os inúmeros benefícios às regiões.

Na avaliação do superintendente Logístico e coordenador de Transporte Aéreo, Hidroviários e Ferroviários da Seilog, Derick Hudson Machado de Souza, estas iniciativas são fundamentais para elevar a competitividade do estado.

A aviação é um vetor de agilidade e eficiência em deslocamentos, essencial não apenas para atrair investimentos empresariais que são cruciais para o desenvolvimento econômico, mas também para melhorar significativamente a prestação de serviços essenciais à população

“Temos hoje, em andamento, a construção, reforma e ampliação de diversos aeródromos e até 2026 estão previstos esses R$ 250 milhões para obras em aeroportos, promovendo o fomento do modal aéreo de Mato Grosso do Sul”, defende Derick.

Só no mês de março o Governo do Estado anunciou as empresas que farão melhorias nos aeródromos de Camapuã (mais de R$ 6,4 milhões) e Inocência (R$15 milhões).

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

FELIPE ANDERSON é o novo REFORÇO do Palmeiras!

Felipe Anderson bate papo com Abel após acerto com o Palmeiras. Técnico e jogador se falaram em ligação. Destaque na Lazio, meia de 31...

Hospital Regional e São Julião debatem manutenção de convênio para oferta de leitos

Representantes do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) e do Hospital São Julião se reuniram na quinta-feira (18) para analisar os resultados...

Em Brasília, deputado Pedrossian Neto apresenta viabilidade de trecho da Malha Oeste e ministro dos Transportes decide reabrir estudos

Em Brasília, o deputado estadual Pedrossian Neto (PSD) se reuniu com o ministro dos Transportes, Renan Filho, para defender a retomada da ferrovia Malha...

Prefeitura sanciona Lei que integra caciques e lideranças indígenas ao Conselho Municipal dos Direitos e Defesa dos Povos Indígenas.

A Prefeitura de Campo Grande sancionou, nesta quinta-feira (18), a Lei nº 7.227, de 18 de abril de 2024, que versa sobre a reformulação...