sábado, 20/04/2024

Homem ataca juíza ao receber sentença de julgamento por agressão em Nevada

Uma juíza de Nevada, nos Estados Unidos, foi atacada nesta quarta-feira, 3, por um réu de um caso de agressão que saltou sobre a mesa de defesa e a bancada da juíza, provocando uma briga envolvendo funcionários do tribunal e advogados. Pelo menos uma pessoa ficou ferida, de acordo com testemunhas.

Em uma cena capturada por vídeo no tribunal, a juíza distrital do condado de Clark, Mary Kay Holthus, caiu para trás de sua cadeira contra uma parede e sofreu alguns ferimentos, mas não foi hospitalizada, de acordo com oficiais do tribunal. Um delegado também ficou ferido ao tentar socorrer a juíza e foi hospitalizado para tratamento de um corte que sangrava em sua testa e um ombro deslocado.

O ataque ocorreu por volta das 11h no Centro Regional de Las Vegas, horário local. O réu, Deobra Delone Redden, de 30 anos, foi derrubado no chão atrás da bancada da juíza por vários funcionários do tribunal e da prisão. Ele foi detido e preso no Centro de Detenção do Condado de Clark, onde os registros mostraram que ele enfrenta várias novas acusações, incluindo agressão a uma pessoa protegida – referindo-se à juíza e aos oficiais do tribunal.

“Aconteceu tão rápido que foi difícil saber o que fazer”, disse Richard Scow, o promotor-chefe do condado. O advogado de Redden, Caesar Almase, não respondeu a pedidos de comentários feitos pela Associated Press na quarta-feira.

Redden não estava sob custódia quando chegou ao tribunal na quarta-feira. Ele usava uma camisa branca e calças escuras, ao lado de Almase, pedindo à juíza clemência enquanto descrevia a si mesmo como “uma pessoa que nunca para de tentar de fazer a coisa certa não importa o quão difícil isso seja”.

“Eu não sou uma pessoa rebelde”, ele disse para a juíza, acrescentando depois que não acha que deveria ser mandado para a prisão. “Mas se for apropriado para você, você terá que fazer o que for preciso.”

Enquanto a juíza deixava claro que ela pretendia colocá-lo atrás das grades, e o delegado da corte moveu-se para algemá-lo, Redden gritou palavrões e avançou contra Mary Kay – em meio a gritos de pessoas que estavam sentadas com ele durante a audiência do tribunal. A juíza negou liberdade condicional e a possibilidade de pagar fiança.

Documentos mostraram que Redden, um morador de Las Vegas, foi avaliado como mentalmente capaz de ser julgado antes de se declarar culpado em novembro de uma acusação reduzida de tentativa de agressão que causou danos corporais substanciais. Anteriormente, ele cumpriu pena de prisão em Nevada por uma condenação por violência doméstica, mostram os registros estaduais.

Mary Kay Holthus, uma promotora de carreira com mais de 27 anos de experiência em tribunais, foi eleita para o tribunal estadual em 2018 e novamente em 2022. Em comunicado, a porta-voz do tribunal, Mary Ann Price, disse que as autoridades estavam “revisando todos os protocolos e farão tudo o que for necessário para proteger o judiciário, o público e os nossos funcionários”.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

ITAPORÃ: Marcos Pacco se pronuncia sobre operação Honey e Meat do Decom

Na noite da última quinta-feira (11), o prefeito Marcos Pacco emitiu uma nota sobre a operação (carne e mel) do Decom no comércio de...

Chapadão do Sul é o primeiro Município do Estado a receber o evento “Empreenda Hoje”

O Empreenda Hoje em Chapadão do Sul foi um verdadeiro marco para a inovação, o desenvolvimento e qualificação dos munícipes, promovendo o empreendedorismo, capacitação...

Mulher é condenada por homicídio de Daniela num bar da Capital

Fernanda Rosa dos Santos foi condenada a 12 anos de prisão por matar Daniela Alencar Viegas a facadas após uma briga de bar na...

Difusora Pantanal foi sucesso absoluto na Expogrande 2024!

Rádio Difusora Pantanal: Sintonizada com o Agro do Mato Grosso do Sul!A 84ª Expogrande, realizada no período 04 a 17 de abril , no...