sábado, 13/04/2024

Piscicultor atendido pelo Senar/MS aumenta a produtividade e diminui os custos

Na semana da Páscoa, produtores tem a oportunidade de aumentar as vendas com a Feira do Peixe Vivo em Amambai.

Essa não é só mais uma história de pescador. Brincadeiras à parte, Valmir Pinzan sempre gostou de pescar. Foi na piscicultura que ele encontrou o caminho para trabalhar com aquilo que mais gostava. Aos 51 anos, é um piscicultor profissional, e com a Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS, conseguiu melhorar o manejo na propriedade gastando menos. Além disso, o Valmir aproveita todos os anos a Feira do Peixe Vivo para aumentar as vendas. Na semana da Páscoa, quando os peixes são mais vendidos, vamos conhecer um pouco melhor dessa história no #TransformandoVidas desta sexta-feira (29).

Quando decidiu investir na piscicultura, Valmir já era experiente com os cursos do Senar que ele fez em Amambai. Quando adquiriu a propriedade há 5 anos, ele possuía alguns ensinamentos que poderiam ajudar no negócio que tinha tudo para dar muito certo, até porque a piscicultura não exige uma área em grande quantidade para ter uma boa produção de peixes.

“Antes de chegar aqui o Senar já me ajudava muito. Eu consegui fazer alguns cursos, como curso inicial de construção de tanques, arraçoamento e processamento de peixe. Então com esses ensinamentos eu tive mais coragem para buscar aquilo que eu coloquei como meta na minha vida e da minha esposa também”.

O início foi um pouco complicado. Valmir cometeu alguns erros que foram corrigidos rapidamente. Pouco depois de chegar à propriedade, trouxe a Assistência Técnica e Gerencial da Piscicultura. Esse foi o momento mais importante para que as coisas mudassem para melhorar na produção dos peixes.

“A principal ajuda que o Senar me trouxe foi com o manejo dos peixes. Hoje eu consigo aumentar a minha produtividade e ao mesmo tempo diminuir meus custos de produção, como por exemplo a quantidade de ração que eu ofereço para os peixes. Atualmente eu tenho aqui na propriedade 3 tanques com 2.500 peixes, mas não quero parar”.

Além da assistência que recebe do Senar, Valmir e dezenas de piscicultores tem a oportunidade de aumentar as vendas na semana da Páscoa. Isso é possível através da Feira do Peixe Vivo realizada em Amambai que tem o apoio do Senar/MS.

“É muito importante para gente chegar nesta data comemorativa com essa ajuda primordial que o Senar nos proporciona. Aqui na feira os produtores conseguem confirmar tudo aquilo que é feito nas propriedades com a assistência técnica e gerencial. É um trabalho que começa no campo e consolida aqui na feira, levando um peixe de qualidade para os clientes”, explica Sérgio Oliveira, técnico da Associação dos Piscicultores de Amambai.

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – José Pereira 

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Policiais Penais impedem lançamento de drogas para o presídio masculino

O trabalho atento dos policiais penais foi crucial para frustrar uma tentativa de introdução de drogas no Estabelecimento Penal Masculino de Corumbá, no fim...

Vereador Zé da Farmácia votou contra a extensão do estacionamento rotativo para os bairros.

Favorável a ideia de retorno do estacionamento rotativo no centro de Campo Grande, o vereador Zé da Farmácia votou contra parte do texto apresentado...

Audiência Pública na segunda-feira debate a falta de medicamentos na Rede Pública de Saúde da Capital

A Câmara Municipal de Campo Grande realiza nesta segunda-feira (15), às 9 horas, Audiência Pública para discutir sobre a falta de medicamentos na Rede...

Mulher é mantida em cárcere privado na Capital

Ex-marido mantém a mulher em cárcere privado no Jardim Tijuca em Campo Grande. A Polícia ao chegar no local escutou os grito de socorro...