domingo, 16/06/2024

PL de MS reitera sobre cumprimento da lei e definição coerente para 2024

Presidente da sigla no Estado lembra que definições de pré-candidaturas em fevereiro são precoces.

Em meio a especulações e conjecturas, a respeito de cenários de alinhamento político, ou até “lançamentos” de pré-candidaturas à disputa pela Prefeitura de Campo Grande, o PL de Mato Grosso do Sul expressa um alerta. E em caráter oficial, menciona que segue, em 2024, três parâmetros, para a definição de estratégias que irá adotar na reta final de pré-campanha e nas eleições municipais.

“Como presidente estadual do partido, e responsável pela avalização de todas as candidaturas a vereadores ou prefeitos, destaco que respeitarei a autonomia que concedi às comissões do PL em cada um dos 79 municípios. Entretanto, e isso vale também para a Capital, temos critérios institucionais a serem respeitados, sendo o principal deles, a fidelidade ao pensamento político do ex-presidente Jair Bolsonaro, a quem confiarmos qualquer apoio ou oportunidade de nos representar em um projeto”, fala o deputado federal Marcos Pollon, gestor do Partido Liberal em Mato Grosso do Sul.

Quanto às outras duas condições para uma figura pública se lançar a algum cargo nessas eleições, pelo PL do Estado, ou ter a parceria da sigla, o presidente reforça ainda que é necessário, antes de tudo, respeitar a autonomia institucional e programática do partido, posicionado hoje como principal instância de oposição ao Governo Lula.

“Não dá para ser candidato do PL, sem ser do PL, e muito menos ser o candidato com possível apoio do PL, sem que o PL de Mato Grosso do Sul não tenha ainda um alinhamento com o projeto a ser defendido na campanha. Não existe nesse momento do ano, nenhum candidato oficial, pois isso só se resolve após a convenção, a própria lei estabelece dessa maneira. Com diálogo e coerência, posso garantir que o PL do nosso Estado só apoiará nomes que sejam de direita e pessoas ilibadas, e vou cuidar disso. Nós sabemos que não será facil reconstruir o Brasil!”, lembra Pollon, que tem trabalhado uma máxima a filiados que manifestem interesse em concorrer no pleito deste ano.

“Todos os filiados do PL do nosso Estado, em qualquer um dos 79 municípios, é um virtual nome para concorrer a vereador ou prefeito. E estamos também abertos a apoios ao nosso projeto de Brasil e de Mato Grosso do Sul, desde que, o candidato, ou candidata, a parceiros, esteja em sintonia com a nossa forma de fazer política. Desistir nao é opção!”, relata o deputado federal e presidente local da sigla, que realizou na noite da quinta-feira (22) a sua primeira reunião com representantes de todos os diretórios municipais, onde foi abordada a posição do partido, e orientações técnicas do âmbito jurídico e contábeis das eleições.

Campo Grande, 23 de fevereiro, de 2024

Danilo Galvão
Assessoria de Imprensa do PL de Mato Grosso do Sul

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

JATEÍ: Fundação Sicredi em parceria com a Administração Municipal, realizaram o projeto itinerante Cine Sustentável Sicredi.

A iniciativa, inteiramente gratuita, levou oficinas de fotografia e exibição de cinema em praça pública, promovendo cultura e entretenimento para a comunidade local.

Dr. Sandro Benites celebra assinatura para construção da USF Parati

Mais uma vitória para a saúde de Campo Grande. Nesta manhã (12/6), a prefeita Adriane Lopes assinou a Ordem de Serviço para a construção...

Confira o ‘abre e fecha’ dos órgãos públicos do Estado com os feriados municipais

O dia de Santo Antônio de Pádua, padroeiro dos municípios de Campo Grande, Batayporã, Costa Rica, Jardim, Porto Murtinho e Terenos acontece na quinta-feira...

ÁGUA CLARA: Casa da Mulher no combate à violência doméstica.

A Prefeitura Municipal, através da Casa da Mulher Água-clarense realizou uma ação contra a violência doméstica na escola Eva Matias, localizada na zona rural...