sábado, 13/04/2024

Projeto “Me chame pelo Meu Nome” vai garantir gratuidade para transexuais no registro

A ATMS (Associação Das Travestis e Transexuais de Mato Grosso Do Sul) receberá fomento de R$ 45 mil da Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos para o projeto “Me Chame pelo meu nome”. O termo foi publicado hoje (22) no Diário Oficial do Estado.

De acordo com a publicação, o objetivo do projeto é garantir de forma gratuita a retificação de nome e gênero de pessoas travestis e transexuais, no registro civil de nascimento.

Numa parcela única o valor será transferido à entidade com vigência de 8 meses. Assinam pelo fomento Eurídio Ben-Hur Ferreira e ikaella Lima Lopes.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

PF investiga se avião interceptado pela FAB é clonagem de aeronave de garimpo

PF investiga se avião modelo CESNA-182 interceptado com cocaína é clonagem de aeronave usada para garimpo ilegal em terras Yanomami. Aeronave original teria sido...

Traficante e batedor são presos com drogas na BR-163

O Motorista de um Lifan/ X60 ao avistar a PRF deu meia volta e fugiu na BR-163 em Caarapó. O veículo foi alcançado e...

Motorista é preso com droga na BR-060

A PRF apreendeu 23 Kg de cocaína hoje (9) na BR-060. Os policiais abordaram um Nissan/Sentra. O motoristas disse que iria até Campo Grande...

Demitido do Cruzeiro; Nicolás Larcamón

Cruzeiro demite Nicolás Larcamón (39). Treinador não resiste à derrota na final do Campeonato Mineiro e deixa o clube após quatro meses. O treinador...