quinta-feira, 23/05/2024

Governador faz novo RG e destaca que documento é gratuito à população

Com foco em uma gestão eficiente e digital, o governador Eduardo Riedel realizou os procedimentos para fazer o seu novo RG (Registro Geral). Ele aproveitou para incentivar a população a fazer o novo documento, que está sendo disponibilizado de forma gratuita à população. Os cidadãos têm o prazo de 10 anos para fazer a troca (antigo pelo novo).

Acompanhado da primeira-dama, Mônica Riedel, o governador foi até a unidade do Fácil do Shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande, para realizar os procedimentos. “É rápido e totalmente eletrônico, além de valer para todo o território nacional. O novo RG é gratuito, não paga. Todo dia 29 abre novo agendamento no site”, afirmou o governador.

Riedel destacou que novamente Mato Grosso do Sul sai na frente para oferecer um serviço essencial à população. “A pessoa vem no horário marcado e pode atualizar seu documento, com número do CPF integrado. Uma evolução que temos no país, e o Estado já disponibiliza este serviço para população”, concluiu.

O diretor do Instituto de Identificação de Mato Grosso do Sul, Márcio Cristiano Paroba, explicou que para população ter acesso ao novo RG deve fazer o agendamento no site da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), e no dia marcado trazer os documentos previstos.

Em janeiro as vagas já foram preenchidas, mas no dia 29 será aberto novo agendamento para fevereiro. “A procura está grande, por isso vamos aumentar o número de vagas para o mês que vem. No dia marcado se for solteiro a pessoa precisa trazer a certidão de nascimento e se for casado, a certidão de casamento. Como o documento terá o número do CPF, este também precisa estar regular”, afirmou Paroba.

O diretor também revelou que após início dos procedimentos, a nova carteira de identidade deve ficar pronta em torno de 25 a 30 dias. “A pessoas vai retirar no mesmo local onde deu entrada no documento. Agora os dados passam pela Receita Federal, Ministério da Justiça e depois voltam para nosso banco de dados para finalização do processo”.

Novidades

Outros diferenciais do novo documento é que ele terá uma série de informações adicionais importantes, como tipo sanguíneo, informações sobre doenças, número da carteira de trabalho, PIS, Pasep.

O novo documento também não terá distinção entre o nome social e nome do registro civil, com a adição do campo nome social.

Já o prazo de validade varia conforme faixa etária, sendo de 0 a 12 anos – validade é de 5 anos; de 12 a 60 – a validade é de 10 anos; a partir de 60 anos – a validade é indeterminada.

As pessoas podem agendar a emissão online e sem complicações no seguinte link: http://servicos.sejusp.ms.gov.br. A emissão do novo RG será física e digital (com acesso pelo aplicativo Gov.br).

É necessário ter em mãos os seguintes documentos obrigatórios: CPF, Certidão de Casamento, Certidão de Nascimento. Já os documentos opcionais são: Certidão de Naturalização, NIS, PIS, PASEP, tipagem sanguínea, título de eleitor e outros.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

PMMS cumpre mandado de prisão com apoio da Polícia Civil de Santa Catarina

PMMS cumpre mandado de prisão com apoio de policiais do setor de investigação da 2ª Delegacia de Florianópolis-SC. Os policiais capturaram na segunda-feira (20)...

GAFIP intensifica fiscalizações durante operação COSUD

O GAFIP (Grupamento de Ações e Fiscalização  Penitenciária ) da Polícia Penal de Mato Grosso do Sul também integrou as ações da Operação COSUD...

Ronilço Guerreiro quer antecipação do cadastro para alunos que precisarão da gratuidade no transporte coletivo no dia da prova do Enem

Foram divulgadas as datas das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que neste ano acontecerão nos dias 3 e 10 de novembro....

SES realiza estratégia de vacinação contra Influenza para servidores estaduais

A SES (Secretaria de Estado de Saúde), por meio da coordenadoria de Imunização, iniciou nesta quinta-feira (16) a campanha ‘Governo MS Vacina Mais’. A...