quinta-feira, 23/05/2024

TCE-MS participa de eventos sobre o compartilhamento de informações para o controle externo

O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul marcou presença na última semana nos eventos LabContas 10 Anos e a primeira edição de 2024 do Encontro Técnico da Rede de Informações Estratégicas para o Controle Externo (InfoContas).

O primeiro, em alusão aos 10 anos do Laboratório de Informações para o Controle (LabContas), foi realizado no Edifício-Sede do TCU com a participação do ministro do TCU Augusto Nardes, que abriu a solenidade destacando a importância do LabContas para a facilitação da integração de dados, promovendo uma comunicação mais efetiva entre os tribunais de contas. Ele ressaltou que, por meio da análise cruzada de dados e informações, o LabContas fortalece o controle externo. Na sequência foram debatidos a transformação social por meio da inovação e os resultados da atuação integrada nos Tribunais componentes da Rede, entre eles o TCE/MS.

O segundo encontro aconteceu no Instituto Serzedello Corrêa (ISC), e contou com o apoio da Atricon, do próprio ISC e dos Tribunais de Contas da União (TCU) e do Distrito Federal (TCDF). Estiveram presentes mais de 70 técnicos das Unidades de Informações Estratégicas dos TCs brasileiros com o objetivo de discutir o aperfeiçoamento do intercâmbio de informações e outros mecanismos visando ao combate a fraudes em licitações e outros crimes de corrupção na gestão pública.

Entre os assuntos abordados no encontro foram destaque as ações realizadas pelos grupos de trabalho temáticos durante o ano de 2023. Também foram debatidas as estratégias futuras para concretização das iniciativas previstas no Plano de Metas da InfoContas para o biênio 2024-2025.

Representando o TCE/MS as auditoras de controle externo, Fernanda Olegario dos Santos Ferreira e Anahi Philbois, e o analista de TI, Jonathan Aldori Alves de Oliveira participaram das atividades dos grupos de trabalho temáticos, que abordaram produção de conhecimento, bases de dados, tipologias da matriz de risco e trabalhos conjuntos.

Segundo a auditora Fernanda Olegário “O encontro foi marcado por debates sobre temas relevantes para o controle externo”. Jonatan Aldori elogiou os temas apresentados nos painéis técnicos, destacando as Inovações no desenvolvimento da Matriz de Risco dos Fornecedores da Rede InfoContas, o uso das informações educacionais cadastradas no Censo Escolar como indicadores sobre “Possíveis irregularidades” na distribuição do Fundeb. Por sua vez, Anahi Philbois destacou a importância da troca de experiências acerca de temas emergentes como “Riscos de despesas oriundas das “Emendas PIX””.A Rede Nacional de Informações Estratégicas para o Controle Externo foi criada a partir de compromisso firmado pelos tribunais integrantes da ATRICON e registrados na “Carta de Campo Grande”.

CATEGORIAS:

Últimas Notícias

spot_img

Mais notícias

Funsat realiza processo seletivo para 5 funções nos dias 20 e 21 de maio

Ofertando vagas para 5 (cinco) funções diferentes, a Fundação Social do Trabalho (Funsat) realiza nos dias 20 e 21 de maio um Processo Seletivo...

Seminário vai discutir ação climática e turismo sustentável em MS

Celeiro do turismo sustentável no mundo, Mato Grosso do Sul sedia a segunda edição do seminário que discute a ação climática no setor turístico...

Rodolfo Nogueira propõe fim de acampamentos do MST em beira de estrada

O deputado federal Rodolfo Nogueira (PL-MS) apresentou projeto de lei que propõe a proibição do direito de permanência de edificações provisórias tais como acampamentos,...

Dr. Sandro Benites percorre escolas de Campo Grande com projeto de combate às drogas

O vereador e médico toxicológico e nutrólogo, Dr. Sandro Benites, tem percorrido as escolas de Campo Grande e distritos próximos, com o seu projeto...